Após classificação ruim, Hamilton espera que problema seja resolvido

São Paulo, SP

27-05-2017 12:05:34

O treino classificatório para o Grande Prêmio de Mônaco foi surpreendente. Além da quebra de jejum de Kimi Raikkonen, que não conquistava a pole há nove anos, Lewis Hamilton, tricampeão da categoria, enfrentou problemas em sua Mercedes, e não conseguiu chegou à fase final da prática.

Após cometer alguns erros em voltas rápidas durante o Q2, Hamilton reclamou da falta de aderência em sua Mercedes. Ao final da segunda parte do treino classificatório, Stoffel Vandoorne acabou batendo e a prática foi encerrada antes que Lewis tentasse melhorar seu tempo. Dessa maneira, o tricampeão acabou na 14ª colocação.

Por isso, Hamilton exaltou a necessidade da Mercedes entender o que está errado com o carro do piloto. "Eu teria lutado para estar entre os cinco primeiros colocados se tivesse conseguido a classificação ao Q3. Precisamos descobrir o que está errado com o carro", declarou o tricampeão.

A situação de Hamilton será menos pior já que Jenson Button foi punido com a perda de 15 posições após um problema no motor. Assim, o tricampeão sairá em 13º. Mesmo assim, o piloto da Mercedes pode ver a diferença para Sebastian Vettel, líder do campeonato, aumentar, já que o alemão sairá em segundo, e tem seis pontos de vantagem no Mundial.

Deixe seu comentário