Zagueiro cobra erros ofensivos do Goiás: “Não há defesa que aguente”

São Paulo, SP

02-08-2015 15:01:21

Por poucos minutos o Goiás não voltará para casa com uma vitória importantíssima na bagagem neste domingo. O Esmeraldino vencia o Coritiba por placar mínimo até o último lance do tempo regulamentar, quando cedeu igualdade em 1 a 1 no Couto Pereira. Questionado sobre a desatenção no lance do gol sofrido, o zagueiro Felipe Macedo lembra que a culpa pelo tropeço é de todos os setores.

Por poucos minutos o Goiás não voltará para casa com uma vitória importantíssima na bagagem neste domingo. O Esmeraldino vencia o Coritiba por placar mínimo até o último lance do tempo regulamentar, quando cedeu igualdade em 1 a 1 no Couto Pereira. Questionado sobre a desatenção no lance do gol sofrido, o zagueiro Felipe Macedo lembra que a culpa pelo tropeço é de todos os setores.

“Faltou um pouco mais de atenção. Infelizmente, erramos muito na frente também”, avalia o defensor à Rádio 730, referindo-se às oportunidades criadas em contragolpes que não resultaram em gol. “Não há defesa que aguente, foi um bate e volta o jogo todo. Saindo na cara do gol e errando. Vamos procurar trabalhar bastante para não perder tantas oportunidades”, promete.

Acumulando quatro tropeços seguidos no Campeonato Brasileiro, o Goiás perdeu neste domingo a chance de deixar a zona de rebaixamento. Abriu o placar com Liniker já na metade da segunda etapa, mas recuou demais e não conseguiu segurar a vantagem. “Fomos bem no primeiro tempo, mas falta aproveitar melhor as oportunidades. Mais uma vez não conseguimos segurar no segundo tempo”, analisa Felipe Macedo.

Com 14 pontos, o Goiás já sabe que terminará a 16ª rodada do Brasileirão no 17º lugar. O compromisso seguinte é contra o líder Atlético-MG, no Serra Dourada, às 16 horas (de Brasília) do próximo dia 9.

Deixe seu comentário