Vereador de Campinas desiste de criar dia “É gol da Alemanha”

São Paulo, SP

06-08-2015 14:56:10

O vereador Jota Silva (PSB) repensou a criação do dia “É gol da Alemanha”, em Campinas. O parlamentar anunciou que desistiu do projeto de lei, protocolado na segunda-feira, que tinha como objetivo lembrar a data da derrota brasileira por 7 a 1 e provocar uma reflexão sobre os rumos do esporte.

“O projeto virou polêmica mundial, repercutiu no mundo inteiro de forma positiva. Pode ter certeza que a Câmara de Campinas nunca teve um projeto com tanta visibilidade no mundo todo. Porém, infelizmente, muitos não entenderam o espírito da proposta. Alguns jornalistas publicaram apenas a emenda do projeto e colocaram as pessoas para dar opinião”, afirmou Jota Silva na tribuna da Câmara Municipal.

Na justificativa apresentada no projeto de lei, o também radialista afirmou que a criação da data seria para que as autoridades e a população pudessem discutir sobre a situação do futebol, que vem sofrendo com problemas nos bastidores, como a corrupção. Porém, explicou que muitos não entenderam o sentido da proposta e rechaçou qualquer tipo de ironia, apesar do título “É gol da Alemanha”.

“A população entendeu de maneira errada, pois não tinha explicação exata do que se tratava. Vou voltar atrás atendendo aos que não compreenderam. Me sinto na obrigação de pedir à Mesa para arquivar este projeto”, declarou o vereador, que já está em seu terceiro mandato.

Deixe seu comentário