Brasileiro Série A

São Januário | 14/10/2018

Futebol/Campeonato Brasileiro

Vasco tenta reabilitação no Brasileiro contra reservas do Cruzeiro

Gazeta Press e Marcellus Madureira - São Paulo , SP
14/10/2018 08:42:10

Em: Brasileiro Série A, Cruzeiro, Futebol, Vasco

Tentando se distanciar da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro, o Vasco recebe o Cruzeiro neste domingo, às 16h (de Brasília), em São Januário, no Rio de Janeiro, pela 29ª rodada da competição. Com 31 pontos conquistados e flertando com a parte inferior da tabela de classificação, o Cruz-Maltino vem de um empate com o Botafogo, em mais uma atuação abaixo da expectativa.

O que pode auxiliar o Vasco nesta partida é o fato de o Cruzeiro entrar em campo com um time composto apenas por reservas, já que está preocupado com a partida de volta pela grande final da Copa do Brasil, marcada para quarta-feira, na Arena de Itaquera, contra o Corinthians. Na ida, a Raposa ganhou por 1 a 0 e depende de um empate para assegurar o segundo título consecutivo do torneio mata-mata. No Brasileirão os mineiros aparecem com 37 pontos ganhos, na parte intermediária da tabela de classificação.

Valentim quer Vasco pontuando para deixar a situação incômoda na tabela (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

O fato de os mineiros entrarem em campo com um time de reservas é minimizado pelo Vasco, dirigido pelo técnico Alberto Valentim. “O certo é que vamos enfrentar um adversário qualificado, com um elenco muito bom e com boas peças de reposição. Com certeza quem jogar vai se empenhar ao máximo para mostrar serviço e fazer de tudo para o Cruzeiro conquistar um bom resultado”, disse o goleiro Fernando Miguel.

“Cabe ao Vasco entrar em campo ainda mais determinado, minimizando alguns erros e trabalhando no sentido de conquistar a vitória”, completou o arqueiro, que vem substituindo Martín Silva, à serviço da seleção uruguaia em amistosos internacionais.

Os vascaínos reconhecem que a luta contra o rebaixamento e má posição na tabela de classificação tornam o jogo complicado, já que a pressão é sempre muito grande. “O Vasco é um clube muito grande e não merece passar por esta situação. É um clube que deve lutar pelos títulos e não contra o rebaixamento. Restam dez jogos, todos muito complicados, mas que trataremos como dez decisões”, disse o volante Andrey.

Em termos de escalação, o Vasco terá alterações em relação ao time que jogou o clássico. Alberto Valentim perdeu o volante Willian Maranhão, que vai cumprir suspensão por ter sido advertido com o terceiro cartão amarelo contra o Botafogo. Bruno Cosendey é o favorito para herdar a vaga, mas Raul, que estava afastado dos gramados desde o clássico contra o Flamengo, treinou normalmente durante a semana e é outra opção para o treinador.

“Agradeço aos fisioterapeutas e ao departamento médico pelo trabalho excelente que fizeram comigo. Estou pronto para jogar. Foram três semanas que fiquei e já recuperei a força que havia perdido”, afirmou o volante.

Outra boa notícia fica por conta do retorno do zagueiro Leandro Castán, que não enfrentou os botafoguenses por estar suspenso devido a sua expulsão no empate por 1 a 1 com o lanterna Paraná. Dessa maneira, o colombiano Oswaldo Henríquez retorna como opção no banco de reservas.

Atento a final da Copa do Brasil, o técnico Mano Menezes vai poupar toda a sua equipe titular que vai para o duelo contra o Corinthians, na próxima quarta-feira. “Escalação uma hora antes do jogo. Já tem Fred e Rafael. Só faltam nove. Já estamos avançando (risos)”, destacou Mano.

Fred será titular pela primeira vez desde que retornou de lesão no joelho (Fotos: Vinnicius Silva/Cruzeiro)

A confirmação de Fred no time demonstra que o treinador já quer dar ritmo ao atleta para contar com ele em grandes partidas.

“Fisicamente ele (Fred) está bem. O que falta para ele é ritmo de competição, o que é diferente. Você vem de uma parada longa e só consegue recuperar esse ritmo jogando. O fato de iniciar com ele pela primeira vez e não colocá-lo durante as partidas é porque os jogos têm consequências que acontecem ali que você não o utiliza no tempo adequado. Por exemplo, em São Paulo (contra o Palmeiras, pelo Brasileirão). Queria colocá-lo um pouco antes, mas o jogo não permitia. Vamos inverter a ordem para esse, ele vai até onde entendermos e ele se sentir bem. É um bom começo, é uma nova etapa. Daí para frente, vai apresentar evolução certamente”, acrescentou.

Mano tinha falado após o jogo contra o Corinthians, na última quarta-feira, no Mineirão, que Egídio seria acionado “para aprender a ser suspenso”. No entanto, o atleta não vai viajar para se tratar de uma lesão. No primeiro turno do Campeonato Brasileiro as duas equipes se enfrentaram no Mineirão, em Belo Horizonte (MG), e naquela ocasião houve empate por 1 a 1. Andrey marcou o gol dos cariocas, mas Raniel decretou a igualdade.

FICHA TÉCNICA
VASCO-RJ X CRUZEIRO-MG

Local: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 14 de outubro de 2018 (Domingo)
Horário: 16h(de Brasília)
Árbitro: Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza (SP)
Assistentes: Anderson José de Moraes Coelho (SP) e Bruno Salgado Rizo (SP)

VASCO: Fernando Miguel, Yago Pikachu, Luiz Gustavo, Oswaldo Henríquez e Ramon; Bruno Cosendey (Raul), Andrey, Fabrício e Henrique; Andrés Ríos e Maxi López
Técnico: Alberto Valentim

CRUZEIRO: Rafael; Ezequiel, Leo (Manoel), Murilo e Patrick Brey (Marcelo Hermes); Lucas Romero e Lucas Silva; Bruno Silva, Mancuello e David; Fred
Técnico: Mano Menezes