Vasco quer pressionar a Chape em casa; Diretoria tenta quitar salários

Gazeta Press - Rio de Janeiro,RJ

13-10-2015 13:54:41

O Vasco segue trabalhando de olho no confronto com a Chapecoense nesta quinta-feira, às 19h30(de Brasília), no Maracanã, pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com 27 pontos conquistados, na penúltima colocação e mergulhado na zona de rebaixamento, o Cruz-Maltino não pode pensar em outro resultado que não seja a vitória e, por isso mesmo, a estratégia é pressionar desde o primeiro minuto.

“Sabemos que vamos encontrar um adversário que vai jogar fechado e procurando o nosso erro para conseguir o resultado que lhe interessa. Por isso, vamos precisar tomar a iniciativa do confronto desde o começo. Não podemos deixar a Chapecoense ditar o ritmo da partida porque isso pode acabar tornando o duelo bem mais complicado para o Vasco. O nosso time precisa demais dos três pontos e terá que se comportar como a equipe que vai atacar, queremos manter a Chapecoense no seu campo”, avisou o meia Andrezinho.

O atacante Leandrão sabe que, apesar da melhora vascaína, o time precisa seguir vencendo se quiser escapar da zona de rebaixamentos “O Vasco tem um objetivo que passa necessariamente por ganhar a maioria dos jogos até o fim do Campeonato Brasileiro. Esse jogo, por ser no Maracanã, em casa, é ainda mais importante“, avisou o artilheiro.

Para este compromisso, o técnico Jorginho não poderá contar com o goleiro uruguaio Martin Silva e com o lateral-direito Madson, que foram advertidos com o terceiro cartão amarelo no empate por 1 a 1 com o Avaí. Os atacantes Jorge Henrique e Rafael Silva também cumprem suspensão por terem sido expulsos no mesmo jogo. O primeiro, inclusive, foi advertido quando já havia sido substituído. Para o gol, Jordi será o escolhido, e Bruno Ferreira entra na lateral. O argentino Herrera é o mais cotado para compor o setor de ataque com Leandrão.

Se não houver mudanças até a data da partida, quinta-feira, o Vasco deverá ir a campo com a seguinte escalação: Jordi, Bruno Ferreira, Luan, Rodrigo e Julio Cesar; Bruno Gallo, Julio dos Santos, Andrezinho e Nenê; Herrera e Leandrão. Nesta quarta-feira o elenco treina na parte da tarde e depois começa o período de concentração.

Salários atrasados

Eurico Miranda espera (Foto: Marcelo Sadio/Divulgação)
Eurico Miranda espera a liberação de uma verba para pagar os salários atrasados no Vasco (Foto: Marcelo Sadio/Divulgação)

Fora de campo, a diretoria está esperando até o fim desta semana a liberação de uma verba de R$ 4 milhões relativos à segunda parcela do contrato de patrocínio com a Caixa Econômica Federal. O dinheiro será utilizado no pagamento dos salários atrasados dos jogadores, que já completou um mês em aberto, e dos funcionários, há dois meses sem receber. O presidente Eurico Miranda está tratando pessoalmente do caso com ligações diárias para Brasília a fim de agilizar o processo e evitar que o problema se arraste até a próxima semana.

Deixe seu comentário