Futebol/Campeonato Brasileiro

Vanderlei brilha, Santos vence Grêmio e inicia Brasileiro com pé direito

De Correspondente Cesar Esteves - Porto Alegre , RS
28/04/2019 13:11:02 — 28/04/2019 13:38:53

Em: Brasileiro Série A, Escolha do editor, Futebol, Grêmio, Santos

O Santos derrotou neste domingo o Grêmio por 2 a 1 na Arena pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro. Usando o esquema 3-5-2, o técnico Jorge Sampaoli impôs muitas dificuldades ao Tricolor Gaúcho, que não soube marcar a boa movimentação de Soteldo e Eduardo Sasha. Apesar das mudanças, o time da casa não teve forças para reagir e parou nas mãos do goleiro Vanderlei. Sasha e Felipe Jonatan fizeram para o Peixe, enquanto Everton descontou para os gaúchos.

Com o resultado, o Santos marcou três pontos e está entre os primeiros colocados da competição. Na próxima rodada o Grêmio visita o Avaí no dia 01 de maio, quarta, às 19h15 (de Brasília), no Estádio da Ressacada. Já na quinta o Santos recebe o Fluminense, às 19h15 (de Brasília), na Vila Belmiro.

O JOGO

Antes do jogo uma homenagem do Grêmio ao superintendente do clube, Antônio Carlos Verardi, que faleceu nessa semana. Houve aplausos de pé da torcida gremista ao dirigente que trabalhou por 54 anos no Tricolor Gaúcho.

Um começo de partida muito truncado na Arena. Na sua primeira chegada ao ataque o Peixe surpreendeu os donos da casa, aos 5, o ex-atacante do Internacional, Eduardo Sasha, marcou um lindo gol em uma finalização sem chance para Paulo Victor.

O Peixe teve domínio das ações do jogo e continuou chegando com perigo ao gol de Paulo Victor. Aos 10, Jean Mota arriscou de fora da área e o arqueiro defendeu. Por sua vez, os donos da casa não conseguiram se encontrar em campo. Sasha e Soteldo se movimentaram muito no setor ofensivo e confundiram a marcação gremista.

Na tentativa de buscar o empate, o Tricolor Gaúcho levantou muita bola na área, porém a defesa do Santos se portou bem. Finalmente o Grêmio fez o goleiro Vanderlei trabalhar. Aos 25, Jean Pyerre mandou uma bomba de área e o arqueiro santista faz linda defesa. Dois minutos depois a resposta do Peixe, Soteldo driblou Maicon e finalizou rasteiro. Paulo Victor segurou firme. Aos 29, Léo Gomes chutou na grande área, e Vanderlei defendeu. Felipe Jonatan mandou para escanteio.

Se aproveitando de uma bobeira do sistema defensivo dos mandantes, aos 34, Soteldo cobrou escanteio, Paulo Victor saiu de soco, e Felipe Jonatan pegou o rebote e finalizou para o fundo da rede. O ataque gremista está bem vigiado pelos defensores do Peixe. Aos 44, André marcou para o Grêmio, mas o impedimento foi marcado. Avisado pelo árbitro de vídeo, Bruno Araújo confirmou anulação do gol.

A etapa inicial mostrou um Santos que jogou de forma ofensiva principalmente através de Sasha e Soteldo que deram trabalho a Geromel e Kannemann. O Peixe soube controlar o ímpeto gremista anulando as suas principais jogadas.

Com objetivo de reagir no confronto, o Grêmio avançou a marcação nesse retorno do segundo tempo. Apesar disso, os visitantes se mostram perigosos quando chegam à frente. Aos 06, Felipe Jonatan aproveitou o rebote e mandou uma bomba de fora da área. Paulo Victor defendeu com tranquilidade.

Para ganhar mais força ofensiva o técnico Renato Portaluppi sacou Alisson para a entrada de Diego Tardelli. No contra-ataque, aos 13, Tardelli cobrou escanteio, Jean Pyerre se atrapalhou e Soteldo acionou Jean Lucas que finalizou por cima, perdendo a chance de ampliar.

Liso e rápido, Soteldo levou vantagem pelo direito de defesa do Grêmio. Aos 16, Tardelli finalizou de fora da área e Vanderlei fez ótima defesa. Passado mais de 20 minutos, o Santos conseguiu controlar as ações ofensivas do Grêmio. Aos 26, Luan finalizou da entrada da área e fez ótima intervenção. Renato partiu para o tudo ou nada sacou o lateral-esquerdo Cortez para a entrada do centroavante Felipe Vizeu.

Não conseguindo entrar na área santista, o Tricolor Gaúcho apostou nas cobranças de falta e bola parada. Aos 29, Luan cobrou falta e Vanderlei espalmou. Aos 30, cruzamento na área, Lucas Veríssimo cortou para trás e quase fez contra.

Com espaços generosos no contra-ataque por pouco o Peixe não fez o terceiro, aos 36, Felipe Jonatan recebeu de Alison e finalizou. A bola passou por cima do gol e levou muito perigo para Paulo Victor. Realmente hoje não está sendo o dia do Grêmio, aos 37, Everton finalizou e Vanderlei segurou firme. Aos 38, Felipe Vizeu cabeceou na pequena área, mandou para fora. Aos 39, sensacional o arqueiro do Santos. Três defesas sem sequência nos chutes de Tardelli e André(duas vezes).

Mesmo com a insistência a bola não entrou em favor do Grêmio. Aos 43, André dá uma bicicleta, a bola bateu na trave. Na sequência, Tardelli chutou e Vanderlei defendeu. Assim o Peixe segurou o resultado estreando com pé direito na competição. No apagar das luzes o atacante Everton passou por Gustavo Henrique, finalizou cruzado e bateu sem chance para Vanderlei.

FICHA TÉCNICA
GRÊMIO 1 X 2 SANTOS

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Data: 28 de abril (domingo)
Horário: 11h (de Brasília)
Árbitro: Bruno de Araújo (RJ)
Assistentes: Rodrigo Corrêa (Fifa) e Thiago Henrique Neto (RJ)
VAR: Rodrigo Carvalhaes de Miranda (RJ), auxiliado por Marcelo de Lima Henrique (RJ) e Michael Correia (RJ)

GOLS: Eduardo Sasha (Santos), aos 5 minutos do 1T; Felipe Jonatan (Santos), aos 34 minutos 1T; Everton (Grêmio), aos 47 minutos do 2T

Cartões amarelos: Kanemmann (Grêmio), Maicon (Grêmio), Alison (Santos), Diego Pituca (Santos), Derlis Gonzáles (Santos)

Cartão vermelho: Derlis Gonzáles (Santos)

GRÊMIO: Paulo Victor, Léo Gomes, Geromel, Kannemann e Cortez, Maicon, Matheus Henrique, Alisson (Diego Tardelli) e Jean Pyerre (Luan), Everton e André.
Técnico: Renato Portaluppi

SANTOS: Vanderlei, Felipe Aguilar, Gustavo Henrique e Lucas Veríssimo; Victor Ferraz, Diego Pituca, Jean Lucas (Carlos Sánchez), Felipe Jonatan; Jean Mota (Alison); Soteldo e Eduardo Sasha (Derlis González)
Técnico: Jorge Sampaoli