COPA DO MUNDO 2018 RÚSSIA
Luis Suárez é um dos principais jogadores do Barcelona (Foto: Lluis Gene/AFP)

Recentemente, o Barcelona conquistou o título do Campeonato Espanhol e da Copa do Rei, fechando mais uma temporada positiva do clube. Mesmo com o excelente desempenho, o time catalão quer se reforçar ainda mais e, segundo Suárez, uma novidade está por vir nos próximos meses. O atacante concedeu entrevista à Rádio Rincón, da  cidade de Fray Bentos, no interior do Uruguai, e deu “boas vindas” a Griezmann, jogador do Atlético de Madrid e um dos destaques no futebol internacional.

“Enche de orgulho que tragam jogadores dessa qualidade como Antoine (Griezmann). Temos que lembrar que já  vieram Dembélé e Coutinho. São jogadores acima da média, ele está há muitos anos jogando a altíssimo nível, sempre brigando. Comanda o Atlético, e isso é fundamental no futebol. Bem vindo seja, para que não tire o lugar de ninguém, e sim com a vontade de ganhar títulos importantes”, afirmou Suárez.

O atacante uruguaio também falou para a rádio sobre a saída de Neymar para o Paris-Saint Germain. ” A saída de “Ney” foi algo que me machucou muito porque ele é um companheiro dentro e fora de campo. Mas são situações que nós temos que lidar durante a vida. “Ney” as assumiu com toda a responsabilidade, mas ele sabia que nós iríamos sentir falta dele”.

Quanto a Messi, o atleta sul-americano destacou que os dois têm uma relação muito boa. “A relação se vai fazendo no dia a dia, vamos nos conhecendo como companheiro e também como ser humano. Temos uma vida fora, somos pais, temos os mesmos costumes e também temos a mesma idade. Somos brincalhões, gostamos de nos reunir e tomar mate, às vezes sair e comer. Tudo isso ajuda a ter uma linda amizade”.

Por fim, Suárez afirmou que a Copa do Mundo na Rússia não deve ser a última da sua carreira. “Não acho que este seja meu último Mundial. Fiz 31 anos agora em janeiro, ainda há um bom tempo. Quero superar o que eu fiz na última Copa do Mundo, no qual poderia ter dado muito mais ao nosso grupo”.



Após retornar à França na última sexta-feira, Neymar já está trabalhando no Paris Saint-Germain para realizar as últimas etapas da recuperação da fratura do quinto metatarso do pé direito, ocorrida no final de fevereiro. Neste sábado, o craque brasileiro foi ao clube e realizou alguns exercícios na academia, além de um trabalho físico numa caixa de areia.

Neymar retornou na sexta para a França e já trabalhou no sábado no PSG (Foto: Divulgação)

Nesta manhã, o companheiro de clube e de Seleção Brasileira do atacante, o zagueiro Thiago Silva, já havia dado uma pista de que o atacante estava realizando trabalhos na acadêmia do clube parisiense. Isso porque Thiago publicou uma foto para celebrar o retorno do companheiro. “Feliz de te ver. Fenômeno”, publicou.

Thiago Silva celebra retorno de Neymar (Foto: Reprodução)

Apesar o retorno aos trabalhos no clube francês, Neymar não irá atuar mais pelo clube nesta temporada. Restando apenas duas rodada no Campeonato Francês, o PSG já confirmou o titulo nacional com antecedência. Na próxima terça, a equipe pode garantir mais um título nacional, caso vença o Les Herbiers, clube da terceira divisão, na decisão da Copa da França. O retorno de Neymar aos gramados deve acontecer vestindo a camisa da Seleção Brasileira, na disputa da Copa do Mundo.



Parece que a recuperação de Neymar segue conforme o planejado. Nesta sexta-feira, a 40 dias da Copa do Mundo, o craque do Paris Saint-Germain e da Seleção Brasileira publicou dois vídeos em seu Instagram oficial com boas notícias para o torcedor brasileiro.

No primeiro vídeo, Neymar se mostra caminhando lentamente em um gramado, descalço. Já no segundo, o astro brasileiro aparece fazendo embaixadinhas com o pé direito, justamente o pé lesionado.

Neymar não entra em campo desde fevereiro, quando saiu lesionado da vitória do PSG sobre o Olympique de Marselha. A recuperação da lesão, uma fissura no quinto metatarso do pé direito, demorou mais do que o esperado. O jogador de 26 anos é peça fundamental no Brasil de Tite, que tenta o hexa na Rússia.

Veja fotos de Neymar durante sua recuperação

 



A novela de Paolo Guerrero ganhou mais um capítulo nesta sexta-feira. Jorge Balbi, assessor legal do peruano revelou que durante a audiência do Tribunal Arbitral do Esporte (TAS), em Lausanna, na Suíça, a Fifa voltou atrás e pediu a ampliação da suspensão por doping do artilheiro para um ano, e não a manutenção da suspensão de seis meses.

“O que nos surpreendeu é que a Fifa foi ontem com uma posição insólita de pedir que a sanção imposta por seu comitê de apelações deveria ser de um ano, essa foi uma surpresa para todos”, contou Balbi em entrevista ao programa Fútbol Como Cancha, da RPP Notícias.

“Supostamente, os advogados espanhóis, que tinham que defender a posição da sua entidade, foram descoordenados, ou muito bem coordenados com a WADA (Agência Mundial Antidoping), porque foram dizer que houve uma falha e que a sanção deveria ser de um ano”, acrescentou.

De acordo com Balbi, isso apenas permite duas possibilidades: ampliar ou reduzir a sanção. “Isso coloca o Tribunal em uma situação muito complexa, porque eles teriam que decidir se não dariam nada (ou seja, absolvição) ou se dariam um ano, mas não seis meses”, explicou.

Caso o Tribunal aceite o pedido da Fifa, Guerrero perderia a Copa do Mundo, que começa no dia 14 de junho. A suspensão de seis meses se encerrou na quinta-feira. A WADA, por sua vez, pediu que a suspensão do jogador seja ampliada para dois anos.

Guerrero chega ao Brasil nesta sexta-feira e está liberado para jogar pelo Flamengo na partida contra o Internacional, neste domingo, pelo Campeonato Brasileiro.

Veja também os destaques dos times paulistas nesta tarde:



Melhor jogador da final, Arthur foi destaque do Grêmio na conquista da Libertadores (Foto: Lucas Uebel/Grêmio)

O meia Arthur, um dos principais destaques da equipe do Grêmio, está muito próximo de vestir a camisa do Barcelona na próxima temporada. Envolvido em uma novela com o clube catalão, o jogador deu entrevista ao jornal espanhol Sport, e deu mais alguns detalhes sobre a negociação.

Perguntado sobre um rumor de que o Barça estaria em dúvida para bater o martelo sobre a sua contratação, o jogador mostrou-se bem tranquilo, e garantiu ter a confiança do clube.

“Não me envolvo nesse tipo de assunto porque, desde o início das negociações, deixei tudo nas mãos do meu representante e da minha família, para que resolvessem tudo junto com o Grêmio. Eu estou bem assessorado, e o que tem que acontecer, vai acontecer…O Barça confia em mim e eu estou feliz com isso. Eles ligaram para me tranquilizar”, disse.

Apesar de dizer que está bem no Grêmio, Arthur também reiterou a vontade de atuar pelo clube espanhol.

“Está tudo bem encaminhado. É um sonho jogar em um clube da grandeza do Barcelona. Estou seguro de que tudo vai sair bem, e então, estarei mais contente do que já estou agora…Estou tranquilo aqui no Grêmio, pois sei que o que marcará o futuro é que se faz dentro de campo”, declarou.

Além disso, o meia comentou também sobre a possibilidade de ser convocado para defender a Seleção Brasileira na Copa do Mundo da Rússia.

“É lógico que eu tenho um pouco de ansiedade, porque ir para a Copa do Mundo é o sonho que qualquer jogador tem, e não é diferente no meu caso. O que tenho que fazer é manter o foco no meu trabalho, tentar jogar o melhor possível e sempre honrar a camisa gremista”, completou.



Recuperado de uma fratura na fíbula da perna esquerda, o lateral-esquerdo Filipe Luís foi relacionado pelo Atlético de Madrid para os dois próximos, contra o Arsenal nesta quinta-feira, pela segunda partida das semifinais da Liga Europa, e diante do Espanyol, no próximo domingo, pela 36ª rodada do Campeonato Espanhol. Ambas as partidas serão acompanhadas por Sylvinho e Matheus Bachi, auxiliares de Tite na Seleção Brasileira.

Filipe Luís se recuperou de lesão (Foto: CBF)

Inclusive, em entrevista à Rádio Marca, Sylvinho revelou que o jogador tem o prestígio do comandante do Brasil para jogar a Copa do Mundo. “A informação que recebemos é de que ele está preparado para jogar. A convocação final é em 14 de maio e estamos vendo sua situação, conversando com médicos. Ele tem a alta médica e o veremos jogando. Filipe sempre esteve conosco, junto com Marcelo, mas precisamos vê-lo em ação novamente. É o jogador que queremos, mas temos que ver em qual situação está”.

A briga pela lateral esquerda da Seleção é uma das principais dúvidas de Tite para definir a lista de convocados para o Mundial. Alex Sandro, em grande fase na Juventus, e Filipe Luís, chamado em várias oportunidades antes da contusão, brigam pela vaga.

A relação de Tite para a Copa do Mundo será anunciada em 14 de maio. Uma semana depois, o grupo vai se apresentar ao treinador na Granja Comary, em Teresópolis, no Rio de Janeiro. A estreia da Seleção Canarinha será no dia 17 de junho, em Rostov, às 15h, diante da Suiça.

 



Nesta quarta-feira, Diego Simeone divulgou a lista de jogadores relacionados pelo Atlético de Madrid para a partida decisiva contra o Arsenal, pela semifinal da Liga Europa, e um nome em especial chamou a atenção: o de Filipe Luís. Antes cotado para perder a Copa do Mundo por conta de uma séria lesão, o lateral-esquerdo brasileiro teve uma recuperação que surpreendeu os médicos do clube e volta a ficar à disposição.

Filipe Luís se voltou a treinador com bola nos últimos dias e já foi relacionado por Simeone (Foto: Divulgação/Atlético de Madrid)

Dia 15 de março, Filipe teve de ser substituído no segundo tempo da partida contra o Lokomotiv, pela mesma competição continental na qual volta a ser relacionado. O chute sofrido na perna confirmou uma lesão que, à princípio, teria um período de recuperação estimado entre dois e quatro meses, segundo os médicos do próprio clube. Porém, 48 dias depois, o lateral está de volta para também brigar por uma vaga na lista de Tite.

Apesar da empolgação para o retorno, o brasileiro deve iniciar a partida diante dos Gunners no banco de reservas. O planejamento do clube espanhol é utilizá-lo aos poucos, dando alguns minutos nas últimas partidas da temporada para que o jogador esteja com ritmo caso seja convocado para o Mundial da Rússia.

Com Filipe Luís recuperado, Tite volta a ter dúvidas em relação ao lateral-esquerdo reserva de Marcelo. Além do jogador do Atlético de Madrid, brigam pela vaga Alex Sandro e Ismaily, convocado pelo treinador na última lista, quando os principais nomes estavam lesionados.

Depois de empatar por 1 a 1 em Londres, os comandados de Diego Simeone avançam a final com uma nova igualdade sem gols ou qualquer resultado positivo. Já o Arsenal precisa vencer para chegar a decisão em Lyon, na França.



Dois meses e alguns dias se passaram desde que Neymar sofreu a lesão no quinto metatarso do pé direito. E depois de passar por uma cirurgia no dia 1º de março e seguir com a recuperação no Brasil, o atacante deixa sua terra natal rumo ao retorno à França.

Segundo informações da rádio RMC e do jornal L’Equipe, o camisa 10 embarca nesta quinta-feira e deve chegar na manhã do dia seguinte em Paris, onde vai passar por avaliações médicas no Paris Saint-Germain e realizará a fase final da recuperação da lesão.

De acordo com a imprensa francesa, Neymar deve marcar presença na final da Copa da França para apoiar o PSG contra o Les Herbies, na próxima terça-feira. O camisa 10 também deve estar no evento de gala da Fundação PSG e em uma pequena festividade organizada pelo clube antes do último confronto da temporada no Parque dos Príncipes, que acontece no dia 12 de maio contra o Rennes.

Neymar se lesionou no dia 25 de fevereiro deste ano (Foto: Yann Coatsaliou/ AFP)

O atacante se machucou no dia 25 de fevereiro, durante o duelo contra o Olympique de Marselle, pelo Campeonato Francês. Uma semana depois, o jogador desembarcou no Brasil e foi operado pelo médico da Seleção Bparisrasileira, Rodrigo Lasmar, em Belo Horizonte.

O PSG ainda não se manifestou oficialmente sobre o retorno de Neymar a Paris e não estabeleceu uma data para que o camisa 10 volte a trabalhar no CT. No entanto, o clube indicou uma boa recuperação do atacante, em nota publicada nesta semana, e confirmou que ele já pode tirar toda e qualquer proteção do pé, além de encerrar o período de imobilização.

Quanto à Seleção Brasileira, o próximo compromisso de Neymar seria a apresentação antes da Copa do Mundo, em Teresópolis, a partir do dia 21 de maio. No dia 27, a delegação viaja para Londres, onde realizará treinamentos antes dos amistosos contra a Croácia, em Liverpool, e a Áustria, em Viena, nos dias 3 e 10 de junho, respectivamente.

Na Rússia, o time esta previsto para iniciar a preparação no dia 11 de junho, já em Sochi e estreia na Copa no dia 17 de junho, contra a Suíça, em Rostov.



Com a classificação do Real Madrid para a final da Liga dos Campeões, o técnico Tite, da Seleção Brasileira, não poderá contar três dos jogadores que com certeza farão parte da lista final da convocação para a Copa do Mundo deste ano, na Rússia, para o período de preparação na Granja Comary, em Teresópolis, entre os dias 21 e 27 de maio. A final do torneio europeu será no dia 26, em Kiev, também na Rússia.

O volante Casemiro e o lateral esquerdo Marcelo, jogadores do time espanhol, são duas ausências garantidas. A terceira baixa será definida na tarde desta quarta-feira, ao fim do duelo entre Roma e Liverpool, pela outra semifinal da Liga dos Campeões. Se os italianos se classificarem, o goleiro Alisson também não estará presente na Granja Comary. Em caso de vitória dos ingleses, é o atacante Roberto Firmino que ficará de fora.

Por enquanto, o atacante é o desfalque mais provável, visto que o jogo de ida, em Anfield Road, terminou 5 a 2 para os Reds. Na partida de volta, portanto, a Roma precisa vencer por no mínimo três gols de diferença para seguir na busca pelo caneco. Caso o resultado se repita, mas em favor dos italianos, a definição sairá através de cobranças de pênalti.

Como a convocação final de Tite será anunciada no próximo dia 14, a preparação em Teresópolis já contará com os atletas que representarão o Brasil na Copa do Mundo, que tem início no dia 14 de junho. Porém, sem os três desfalques, apenas 20 dos 23 convocados farão parte dos trabalhos.



O “Final 8” seria o mais novo torneio que a Fifa, entidade maior do futebol internacional, estaria planejando criar. Segundo a agência de notícias Reuters, trata-se de uma “mini Copa do Mundo”, que seria realizada a cada dois anos e contaria com oito seleções participantes.

Com a intenção de promover a primeira edição do novo torneio entre outubro e novembro de 2021, Gianni Infantino, presidente da Fifa, estaria indicando a abolição da tradicional Copa das Confederações, realizada como evento teste um ano antes da Copa do Mundo. Como apontado pelo dirigente suíço, um grupo de investidores poderia garantir receita de até US$ 25 bilhões para essa nova competição.

O presidente Gianni Infantino estuda remodelar os torneios promovidos Pela Fifa (Foto: AFP)

O “Final 8” seria um campeonato complementar à “Liga Mundial de Nações”, outro projeto de torneio que está sendo traçado pela Fifa, que contaria com as mais de 200 confederações vinculadas à entidade. As oito melhores seleções da “Liga Mundial” disputariam o título desta “mini Copa”.

As propostas foram apresentadas no conselho da Fifa ocorrido em março, em Bogotá, na Colômbia. Nesta reunião, também foi discutida uma nova fórmula de disputa do Mundial de Clubes, que passaria a contar com 24 times