Roger vê lesões como circunstanciais e exalta volta de Douglas

Do correspondente Luis Felipe dos Santos - Porto Alegre,RS

26-05-2016 23:55:19

Não foi uma noite fácil para Roger Machado: antes dos 20 minutos do primeiro tempo, teve que fazer duas substituições. Trocou Fred por Bressan e Henrique Almeida por Éverton, ambos por lesões. Entretanto, a atuação do time compensou a dificuldade: os movimentos no ataque fluíram perto da perfeição, e logo no primeiro tempo o Grêmio colocou o Atlético Mineiro nas cordas, com dois gols.

“Coletivamente fomos muito bem, isso ajuda as individualidades a aparecerem. Com as substituições, conseguimos nos manter bem no jogo, fomos bem fisicamente. As lesões fazem parte do jogo. Isso eu tenho certeza que não vai se repetir nesse ano mais, é uma questão bastante circunstancial”, declarou o técnico gremista. Roger também mostrou muita satisfação com o desempenho do seu time na partida.

“Uma equipe tem que buscar sempre o equilíbrio, o ideal é sempre sofrer menos gols do que tomar. Uma equipe que consegue não sofrer gols e criar as oportunidades, para mim é bem importante.  A gente sabia que pelas ausências que ao Atlético tinha no jogo, era o mais importante momento para conseguir superá-los dentro de casa. Aproveitando os espaços que teríamos conseguiríamos fazer os gols”, declarou Roger Machado em entrevista coletiva no Estádio Independência.

Outra questão foi a volta de Douglas: o jogador, um dos mais experientes do time, foi sacado contra o Corinthians e voltou à equipe com a ausência de Miller Bolaños, que se apresentou à Seleção equatoriana.

“Não tenho dúvida que o Douglas desenvolveu bem o jogo. Foi o nosso articulador lá atrás, conseguiu alcançar as bolas em profundidade no momento de atacar, e acima de tudo foi muito dedicado no processo defensivo. Hoje fizemos um jogo coeso e equilibrado, e as individualidades foram aparecendo”, disse Roger.

Deixe seu comentário