Região Norte


O Paysandu estreou pela Copa Verde no último domingo, fora de casa, contra o Santos-AP, mas, após sair na frente do placar, acabou ficando no empate em 1 a 1. Assim, Yago Pikachu, ídolo da torcida, reclamou da postura que a equipe assumiu após abrir o marcador e pediu mais energia no jogo da volta.


A Copa Verde reaparece em sua segunda edição com novidades em relação a 2014. Serão 16 clubes, escolhidos a partir do desempenho nos campeonatos estaduais, do Norte, Centro-Oeste (exceto Goiás) e o estado do Espírito Santo. O estado do Pará tem três vagas, Amazonas, Distrito Federal e Mato Grosso duas cada e os demais uma. Destaque para Paysandu e Luverdense, ambos na Série B do Brasileirão e Brasília, atual campeão da competição e na iminência de tornar-se um milionário.

O Paysandu estreia nesta segunda-feira, às 21h30 (de Brasília), pelo Campeonato Paraense contra o Gavião Kyikatejê, no dia em que o clube completa 101 anos de existência. O técnico Sidney Morais comemorou a data e mostrou empolgação.

A sede da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), no Rio de Janeiro-RJ, foi palco da cerimônia de lançamento da segunda edição da Copa Verde. O torneio eliminatório, disputado por clubes do Norte, Centro-Oeste e Sudeste, foi inaugurado em 2014, e teve o Brasília-DF como campeão inaugural. O atrativo principal do torneio é a vaga na Copa Sul-Americana para o vencedor.

Após comandar um treinamento de finalizações pela manhã, o técnico Vanderlei Luxemburgo encerrou a sexta-feira flamenguista com uma longa atividade tática, no estádio da Colina, que pertence ao São Raimundo, em Manaus-AM. O foco da intensa movimentação rubro-negra foi a marcação, uma das alternativas cariocas para surpreender o São Paulo, neste domingo, às 17 horas (de Brasília), na Arena da Amazônia.

Nesta sexta-feira, foi confirmado o cancelamento da Copa Amazônia, torneio amistoso que contava com Remo, Paysandu e Bahia. Os organizadores da competição alegaram problemas financeiros, o que causou ira em torcedores e dirigentes dos clubes participantes.

A diretoria do Paysandu assinou, neste sábado, contrato referente à participação do clube na 1ª edição da Copa Amazônia, torneio organizado por uma empresa norte-americana que contará, além do Papão, com Remo e Bahia.

A passagem do meia Héverton pelo Paysandu terminou nesta sexta-feira. O armador, que tentou retornar ao Bicolor paraense após uma tentativa frustrada de atuar no Cazaquistão, não chegou a um acordo com a diretoria nortista e terá que procurar um novo clube para defender em 2015.

Mais na web