Rafa Márquez e Borussia Dortmund mandam indireta a Donald Trump

São Paulo, SP

26/01/17 | 16:41

Zagueiro ex-Barcelona é um dos maiores ídolos do futebol mexicano (Foto: Atlas FC/Divulgação)
Zagueiro ex-Barcelona é um dos maiores ídolos do futebol mexicano (Foto: Atlas FC/Divulgação)

A aprovação do projeto para construir um muro ao longo da fronteira que separa os Estados Unidos do México já gerou muitas críticas a Donald Trump e a repercussão chegou ao mundo do futebol nesta quinta-feira.

Rafa Márquez, zagueiro mexicano que defendeu o Barcelona por sete temporadas, utilizou o seu Twitter para mandar uma indireta ao novo presidente dos Estados Unidos.

Veja mais: Xavi renova com clube do Catar até 2018 podendo virar técnico no futuro

“Não há muro capaz de nos deter se acreditarmos em nós mesmos”, escreveu o jogador de 37, que está no Atlas, na legenda de um vídeo em que ele marca um gol de falta, quando ainda jogava no clube catalão.

Rafa Márquez é um dos maiores ídolos do futebol do México e já representou o seu país em 138 jogos. Ele ainda não anunciou sua aposentadoria de seleção.

Quem também criticou Trump foi o Borussia Dortmund. A equipe alemã publicou em seu Twitter uma foto da muralha amarela e colocou como legenda: “O único muro em que a gente acredita”.

A Alemanha é país familiarizada com esse tipo de separação, já que o país foi dividido em quatro zonas após a Segunda Guerra Mundial e um muro, conhecido como o Muro de Berlim, erguido para separar a região de domínio soviético da zona dominada por países capitalistas. O muro dividiu o país em Oriental e Ocidental até 1989, quando a Guerra Fria estava chegando ao fim.

Deixe seu comentário