Gazeta Esportiva

Presidente do Santos viaja para cobrar elenco após eliminação

Do correspondente Vitor Anjos - Santos,São Paulo

20/10/16 | 12:39

A derrota por 2 a 0 para os reservas do Inter, nesta quarta-feira, no Beira-Rio, não foi digerida por parte da torcida a até mesmo pelo presidente Modesto Roma Júnior. Após o revés, que causou a eliminação do Peixe nas quartas de final da Copa do Brasil, o mandatário alterou sua agenda de compromissos e viaja nesta quinta-feira para Porto Alegre.

A ideia é reunir os atletas e o técnico Dorival Júnior para cobrar explicações e motivar o grupo para o restante da temporada. A forma como o alvinegro atuou diante do Colorado não agradou a diretoria. Apáticos, os santistas sofreram um gol logo no início, com Aylon, e mesmo com a eliminação iminente, criaram poucas oportunidades e não assustaram o Inter, que ainda marcou mais um no fim do segundo tempo, com Eduardo Sasha, e fechou o caixão santista.

santos
(Foto: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos FC)

Mesmo não concordando com algumas escolhas da comissão técnica durante a partida desta quarta-feira, Modesto não cogita a possibilidade de demitir o comandante Dorival Júnior.

A queda na Copa do Brasil fez a pressão aumentar no Peixe. Além de um grupo de conselheiros ter enviado uma carta pedindo a saída de Dorival, uma das principais organizadas do clube declarou nesta quarta-feira, após a eliminação, ser a favor da troca no comando técnico da equipe.

Apesar disso, Modesto pretende mostrar que está do lado do elenco e também do treinador, pensando na sequência da temporada.

Após a eliminação, o alvinegro segue em Porto Alegre, onde treina no CT do Grêmio até esta sexta-feira. Na sequência, os comandados de Dorival Júnior viajam direto para Chapecó, onde o time encara a Chapecoense neste domingo, às 19h30 (de Brasília), na Arena Condá, em jogo válido pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Agora, o Santos mantém o foco apenas do Brasileirão. Com 55 pontos, o alvinegro está na quarta colocação da competição e segue brigando para garantir uma vaga na Copa Libertadores da próxima temporada, coisa que não acontece desde 2012.

Deixe seu comentário