Futebol/ Mercado

Meia vice-campeão do mundo é alvo de times da Itália e Portugal

São Paulo , SP
26/07/2018 17:17:14

Em: Croácia, Futebol, Futebol Internacional, Lazio, Mercado da bola, Sporting (POR)
Milan Badelj é cobiçado por Lazio e Sporting (Foto: Khaled Desouki / AFP / CP)

Com o mercado de transferências aberto, os principais times do futebol europeu começam a se movimentar para reforçar seus elencos e ter resultados positivos na temporada, ainda mais com o término da Copa do Mundo que revelou bons nomes antes poucos conhecidos. Com isso, um dos destaques da vez é o meia Milan Badelj, vice-campeão do mundo com a Croácia e que interessa tanto o Sporting, de Portugal, como a Lazio, da Itália.

Apesar de não ter sido titular do time croata que surpreendeu o mundo no Mundial disputado na Rússia, o meia é visto com bons olhos no mercado europeu já que está sem contrato com a Fiorentina, seu último clube, e pode decidir para qual equipe irá na próxima temporada.

O interesse do clube italiano veio após uma primeira investida dos Leões, que estiveram muito perto de ter o jogador. Para o presidente da Lazio, Claudio Lotito, o meia croata pode ser uma boa opção para o elenco do time. “Badelj? Há muitos jogadores que nos interessam. Estamos trabalhando para ter uma equipe competitiva e quero reforçar o fato que fizemos cinco contratações sem vender um único jogador. Depois, vendemos (Felipe) Anderson (ao West Ham) por vontade do atleta”.

De acordo com o site português Record, o Sporting estava muito perto de assinar contrato com o meia depois de ter feito uma proposta de três anos de contrato pelo valor de 3 milhões de euros (aproximadamente R$ 12 milhões). No entanto, o clube da capital italiana também entrou na disputa pelo jogador e ofereceu mais que o clube lusitano.

Na Fiorentina nas últimas quatro temporadas, o jogador passou antes Dínamo Zagreb, o Lokomotiva e o Hamburgo, antes de decidir ir ao futebol italiano. Já pela seleção da Croácia, Badelj jogou mais de 40 partidas e pode ser convocado em mais oportunidades pelo técnico Zlatko Dalic já que é um dos 23 convocados neste Mundial que tem menos de 30 anos de idade.