Futebol/Campeonato Carioca

Jogadores do Fluminense reclamam de arbitragem polêmica

Gazeta Press - Rio de Janeiro , RJ
08/05/2017 12:58:56 — 08/05/2017 13:18:42

Em: Bastidores, Campeonato Carioca, Flamengo, Fluminense, Futebol, Notícias

Apesar de os jogadores do Fluminense não terem cercado o trio de arbitragem após o gol anotado pelo atacante Paolo Guerrero, que abriu caminho para a virada do Flamengo na final do Campeonato Carioca, o erro cometido pelo árbitro Wagner do Nascimento Magalhães não foi bem assimilado pelo plantel tricolor. No lance, Réver sobe para cabecear e faz falta no zagueiro Henrique. Na sobra, o artilheiro manda a bola para o fundo da rede.

“Foi falta no lance e eu fui reclamar com ele na hora. O Réver já subiu me empurrando, mas não sei o motivo dele não ter visto, pois estava em cima do lance. Não sei para onde estava olhando”, disse Henrique.

O lateral direito Lucas foi outro na bronca.

“Assim que aconteceu o lance fui até o árbitro e disse que tinha sido falta e muito clara. Ele, com toda a arrogância, disse que existiam pessoas para ajudá-lo na orientação. Infelizmente não podemos mudar essa situação”, afirmou Lucas.

Réver e Henrique protagonizaram lance mais polêmico do clássico (Foto: Lucas Merçon)

Nas redes sociais, após a partida, um vídeo do lance do gol de Guerrero que pega na imagem o árbitro do jogo, levanta a suspeita de que Wagner do Nascimento Magalhães teria comemorado com as mãos o gol flamenguista. A Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) não se posicionou sobre o caso.

Já a diretoria do Fluminense não deverá levar o caso adiante, pois entende que seu próprio relacionamento com a Ferj não é dos melhores e que qualquer tipo de protesto terá pouco efeito positivo na prática.

Dentro de campo o elenco do Fluminense realizou um trabalho regenerativo nesta segunda-feira e nesta terça-feira a delegação viaja para o Uruguai, onde quarta-feira o time enfrentará o Liverpool no Estádio Centenário, em Montevidéu, às 21h45 (de Brasília), pela rodada de volta da primeira fase da Copa Sul-Americana. Na ida os tricolores ganharam por 2 a 0 e agora podem perder por um gol de diferença que mesmo assim avançam.