Jean e Scarpa voltam aos treinos; Wellington Silva e Pierre preocupam

São Paulo, SP

12-10-2015 15:49:36

 

Visando o retorno do Campeonato Brasileiro, diante do São Paulo, na próxima quarta-feira, às 22h (de Brasília), no Maracanã, o Fluminense treinou na manhã desta segunda-feira. Jean e Gustavo Scarpa voltaram a trabalhar com o elenco e devem atuar contra o Tricolor paulista. Por outro lado, Wellington Silva e Pierre preocupam. O lateral direito, inclusive, já está vetado da partida. O volante, no entanto, será reavaliado e é dúvida.

Wellington Silva voltou a sentir dores na coxa esquerda e está fora do jogo contra o São Paulo. O atleta não treina com o grupo desde sábado, ficando somente na academia fazendo exercícios físicos. Também com problemas da coxa esquerda, Pierre deixou a atividade desta segunda-feira mais cedo e será submetido a exames de imagem para aferir a gravidade da lesão. Por isso, não tem sua presença garantida no confronto de tricolores do Brasileirão.

Durante o treinamento, o técnico do Fluminense, Eduardo Baptista, priorizou os trabalhos de armação de jogadas e de compactação defensiva. O comandante tricolor dividiu os jogadores em dois times, um de ataque e um de defesa. A equipe ofensiva tinha 10 atletas, dispostos em campo no esquema 4-2-3-1, com Fred exercendo o papel de único atacante de área. A equipe defensiva contava com oito jogadores e tinha como função interceptar jogadas e evitar gols.

Ao final da atividade, Marcos Junior concedeu entrevista coletiva e falou sobre a temporada que vem fazendo. O atacante considerou seu desempenho neste ano como excelente, mas alertou que nenhum jogador tem lugar garantido na equipe titular de Eduardo Baptista.

“Eu acho que ninguém pode botar na cabeça que é titular absoluto. Tem que treinar forte todo dia, mostrar seu valor. Minha atuação nesse ano vem sendo excelente. Acho que trabalhei minha cabeça. No Vitória, ano passado, já estava com essa mentalidade. Graças a Deus vem dando tudo certo”, afirmou.

Marcos Junior falou também sobre o próximo adversário, o São Paulo. O jogador acredita que o momento conturbado vivido pelo rival não terá impacto dentro de campo. “O que está acontecendo com o São Paulo é fora de campo. Acho que os jogadores vão se dedicar e querer ganhar da gente. Mas vamos entrar focados para conseguir os 3 pontos. Eu não acompanho muito o que está acontecendo por lá. Vi algumas coisas, mas acho que não influencia nada dentro de campo”, disse.

Deixe seu comentário