Governador veta lei que libera bebidas alcoólicas nos estádios do RS

Correspondente Cesar Esteves - Porto Alegre,RS

16-01-2019 22:12:55

O governador do estado do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, confirmou nesta quarta-feira que irá vetar a lei que previa a volta da venda das bebidas alcoólicas dentro dos estádios do Rio Grande do Sul. Nesta sexta-feira, o Diário Oficial do Estado deve publicar o veto da matéria.

“Os argumentos trazidos hoje, além de outros que já haviam chegado, me ajudaram a tomar a decisão, que tem como base a questão da segurança e implica diretamente na crise fiscal do Estado. Uma eventual liberação de bebidas demandaria um aumento de efetivo nos jogos, algo que o governo não tem condições de arcar neste momento", comentou Leite.

Segundo o mandatário, as secretarias de Segurança Pública (SSP) e de Saúde apresentaram argumentos que ajudaram na sustentação contra o projeto. Conforme a pasta da Saúde, estudos mostram que a ingestão de bebidas alcoólicas acaba contribuindo para o aumento do comportamento violento das pessoas. O comandante-geral da Brigada Militar, coronel Mário Ikeda, lembrou desde que houve a proibição de bebidas nos estádios ocorreu uma redução drástica de ocorrências nos jogos.

Por último, o argumento trazido pelo MP acabou embasando a decisão do governador e trata o projeto de lei como inconstitucional, já que uma lei federal proíbe o consumo e a venda nas praças esportivas do Brasil. O Estatuto do Torcedor de 2003, que impede os frequentadores dos estádios de "portar objetos, bebidas ou substâncias proibidas ou suscetíveis de gerar ou possibilitar a prática de atos de violência".

Deixe seu comentário