Givanildo relembra duelo do 1º turno e prevê dificuldades contra o Mogi

Do correspondente Gustavo Aleixo - Belo Horizonte,MG

29-09-2015 16:03:59

Givanildo Oliveira não espera facilidades contra o lanterna da Série B (foto: Carlos Cruz/América-MG)
Givanildo Oliveira não espera facilidades contra o lanterna da Série B (foto: Carlos Cruz/América-MG)

Na quinta colocação e a dois pontos do G4, o América-MG terá uma ótima chance, na próxima rodada, de voltar a figurar no grupo dos quatro primeiros colocados da Série B. O adversário é o Mogi Mirim, equipe que vem de quatro derrotas consecutivas e que ocupa a lanterna da competição.

Sob um olhar mais frio da tabela, parece evidente que o Coelho é, de longe, o grande favorito para o confronto, já que nada menos que 23 pontos separaram as equipes. Apesar do abismo entre os clubes na classificação, o técnico do América-MG, Givanildo Oliveira, prefere ser cauteloso.

Ainda no primeiro turno, o Coelho recebeu o Mogi Mirim, no Independência, e, naquela ocasião, o clube do interior paulista ainda não havia vencido na Série B, acumulando nove jogos sem vitória. Apesar da campanha ruim de seu adversário, o América-MG teve dificuldades para vencer por 3 a 1, de virada, com todos os gols americanos marcados no final do segundo tempo.

“Vocês se lembram em que posição estava o Mogi Mirim no jogo do turno? E lembram com foi difícil conquistar aquela vitória mesmo jogando em casa? Então imagina agora, na reta final, com eles precisando e jogando em casa”, destacou Givanildo.

Para assumir um lugar no G4 ao final da rodada, o América-MG precisa vencer o Mogi Mirim e torcer para que Bahia ou Paysandu sejam derrotados. Se conseguir uma vitória por uma boa diferença de gols, o time mineiro pode também entrar no grupo dos quatro primeiros, caso seus concorrentes fiquem no empate em seus compromissos.

Deixe seu comentário