Tevez define mágoa com Sabella: “Olharia para o outro lado se o cruzasse na rua”

São Paulo, SP

09-11-2015 17:53:14

Tevez acusou lombalgia durante a semana, mas irá atuar normalmente na partida deste sábado (Foto: Reprodução/Twitter)
Com lesão no joelho, Tevez desfalca o Boca Juniors e a seleção argentina (Foto: Reprodução/Twitter)

Comandante da seleção argentina entre 2011 e 2014, Alejandro Sabella não deixa saudades para uma das principais estrelas do país: Carlitos Tevez. Entre os anos que dirigiu a equipe, o técnico praticamente não convocou o atacante, que nem sequer participou da Copa do Mundo de 2014.

““Não o cumprimentaria, olharia para o outro lado se o cruzasse na rua. Não cumprimentaria Sabella porque não poderia. Respeito sua decisão porque ele escalava a equipe e decidia quem ia ou não. Eu fiz as coisas bem para estar e não estive. Respeito sua decisão, mas não concordo. Ele sempre falou no grupo e eu nunca entendi isso”, afirmou Carlitos.

A origem do desentendimento entre o comandante e o atual atacante do Boca Juniors não é totalmente clara, mas não só Tevez apresentava problemas com Sabella na Argentina.

“Fui o único que dei a cara a tapa quando o criticavam. Sei que tem alguma relação com meu agente, mas não me atendeu no telefone”.

Os dois já haviam trabalhado juntos em 2005, no Corinthians, quando Sabella era auxiliar técnico de Daniel Passarella e Tevez o principal nome do ataque campeão brasileiro daquele ano. Para os próximos jogos das Eliminatórias, o técnico da Argentina Tata Martino não poderá contar com Carlitos, com uma lesão no joelho.

Deixe seu comentário