Símbolo do futebol sul-americano, estádio Centenário completa 90 anos

São Paulo, SP

18-07-2020 06:00:13

Um dos maiores palcos do futebol da América do Sul - e até mundial - chega aos 90 anos. No dia 18 de julho de 1930, o povo uruguaio comemorou a inauguração do lendário estádio Centenário, na cidade de Montevidéu, preparado para se tornar um símbolo da primeira Copa do Mundo de futebol.

O projeto do estádio foi feito pelo arquiteto Daniel Thul e a intenção sempre foi receber públicos na faixa de 60 mil torcedores. O nome do local tem relação com o centenário da Constituição do Uruguai.

Inicialmente, o estádio seria a sede de todos os jogos da Copa do Mundo de 1930, porém os atrasos nas obras prejudicaram esse objetivo. Na inauguração, o Uruguai derrotou o Peru por 1 a 0.

O Centenário recebeu um dos grandes momentos da história do futebol do Uruguai. Foi palco da final da Copa do Mundo de 1930 em que os uruguaios bateram a rival Argentina por 4 a 2 e comemoram o título em casa.

Hoje em dia, além de ser a principal praça do futebol celeste, o estádio Centenário também é utilizado para o turismo. Muitos visitantes da capital uruguaia fazem questão de reservar algumas horas para conhecer o lendário local.

Na pandemia do coronavírus, o estádio Centenário também mostrou sua importância social.  O gigante abriu suas portas para moradores de rua de Montevidéu que se enquadravam no grupo de risco da covid-19.

De olho no futuro, o grande sonho do Uruguai é modernizar o Centenário para uma possível sede da Copa de 2030.  A intenção dos uruguaios é apresentar uma candidatura com outros países sul-americanos - Chile, Argentina e Paraguai poderiam ser os parceiros.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Deixe seu comentário