Real Madrid bate Eintracht Frankfurt e conquista Supercopa da Uefa pela 5ª vez

São Paulo, SP

10/08/22 | 17:52

Nesta quarta-feira, o Real Madrid ganhou do Eintracht Frankfurt por 2 a 0 e conquistou a Supercopa da Uefa pela quinta vez. David Alaba e Karim Benzema marcaram os gols no Estádio Olímpico de Helsinque, na Finlândia.

Com o título, o clube espanhol iguala Barcelona e Milan, pentacampeões do torneio de início de temporada que reúne os últimos vencedores da Liga dos Campeões e Liga Europa. Os merengues já haviam faturado a competição em 2002, 2014, 2016 e 2017.

O Real Madrid volta a campo no domingo, às 17 horas (de Brasília), quando visita o Almería pela primeira rodada do Campeonato Espanhol. Já o Eintracht Frankfurt, que perdeu para o Bayern de Munique por 6 a 1 na abertura da Bundesliga, retorna aos gramados no sábado, às 10h30, para enfrentar o Hertha Berlin fora de casa.


O jogo

O Eintracht Frankfurt, treinado por Oliver Glasner, foi superior nos minutos iniciais e parou duas vezes em Thibaut Courtois, peça-chave do título europeu na última temporada. O goleiro efetuou boas defesas: o primeiro lance estava impedido, enquanto, no segundo, Daichi Kamada saiu de frente para a meta e viu o belga bloquear a finalização.

Já aos 16, o Real Madrid de Carlo Ancelotti deu o troco e por muito pouco não abriu o placar. Depois de bela troca de passes, Karim Benzema acionou Vinícius Júnior, que finalizou rasteiro, no canto direito, e viu o zagueiro Tuta tirar em cima da linha. Vinte minutos mais tarde, o atacante brasileiro chutou novamente e Kevin Trapp espalmou para a linha de fundo. Após cobrança de escanteio, Casemiro ajeitou de cabeça e Alaba só completou, garantindo a vantagem antes do intervalo.

O time espanhol voltou bem para a etapa complementar e, aos nove, Vini parou mais uma vez em Trapp, que desviou a bola após finalização. Seis minutos mais tarde, Casemiro chutou forte de fora da área e acertou o travessão.

Vinícius voltou a brilhar aos 20 minutos, depois de arrancada pela esquerda, corte para o meio e passe na medida em direção a Benzema. Livre na entrada da área, o capitão francês bateu no meio do gol e contou com falha de Trapp, que deixou a bola passar e, assim, sacramentou o resultado de 2 a 0 em Helsinque.

Deixe seu comentário