Platini dispara contra Infantino: "Não tem legitimidade"

São Paulo, SP

03-06-2019 14:11:03

Michel Platini, ex-presidente da Uefa que hoje cumpre suspensão por ter recebido 1,8 milhão de euros (cerca de R$7,8 milhões na cotação atual) de Joseph Blatter de forma ilegal, fez duras críticas a Gianni Infantino, atual presidente da Fifa.

Em declarações ao jornal francês L'Equipe, o ex-jogador começou dando a entender que Infantino não tem condições de ocupar o cargo de presidente da entidade máxima do futebol.

"Não tem legitimidade...Ele é um muito bom jurista, um ótimo secretário-geral, mas não tem nenhuma legitimidade, não é crível como presidente da Fifa", disse.

Além disso, Platini ainda fez acusações contra o dirigente suíço, reforçando ainda a ideia de que ele não é um bom nome para comandar a Fifa.

"Durante dez anos ele vomitou na Fifa. Quando digo 'vomitou' eu exagero um pouco, mas todo mundo sabe que ele criticava o tempo todo a Fifa...Como pode vir agora promover o futebol feminino quando sempre riu disso? Ele nunca acreditou", completou.

Como cumpre suspensão da Fifa até outubro de 2019, Platini não pôde se candidatar ao cargo de presidente da Fifa. Infantino é candidato único à reeleição e, portanto, nesta quarta-feira, deve iniciar o segundo mandato de quatro anos.

Deixe seu comentário