Futebol/Copa da França

Olympique é eliminado nos pênaltis por time da quarta divisão

GazetaEsportiva.net - Grenoble, - França
04/01/2015 20:53:00

Em: Futebol, Futebol Internacional

O Olympique de Marselha acabou surpreendido na terceira fase da Copa da França, neste domingo. Jogando no Stade des Alpes, o time comandado pelo argentino Marcelo Bielsa empatou por 3 a 3 (houve um gol para cada lado na prorrogação) com o Grenoble, da quarta divisão nacional, e acabou eliminado por 5 a 4 nos pênaltis.

Apesar das dificuldades, o Olympique fez valer o favoritismo de líder da primeira divisão ao menos no começo do jogo. Aos seis minutos, Gignac recebeu próximo à área, desvencilhou-se da marcação de Cianci, enganou o goleiro Cattier e mandou a bola para o fundo das redes, inaugurando o marcador.

O Grenoble respondeu aos 10 minutos. Nasrallah subiu mais alto do que o lateral Lemina e alcançou um cruzamento. O atacante dominou e chutou em direção à meta, deixando o goleiro Samba sem chances de defesa. A equipe anfitriã se animou e o arqueiro dos visitantes trabalhou muito para evitar a virada.

Ainda assim, aos 33, o Olympique conseguiu ficar à frente do placar mais uma vez. Em um contra-ataque, Gignac foi mais rápido e ficou cara a cara com o goleiro Cattier, que não pôde impedir o segundo gol da equipe de Bielsa.

Líder do Campeonato Francês, o Olympique de Bielsa foi surpreendido na Copa da França (foto: Jean-Pierre Clatot)
Líder do Campeonato Francês, o Olympique de Bielsa foi surpreendido na Copa da França (foto: Jean-Pierre Clatot) – Credito: AFP
O Grenoble retornou do vestiário pronto para reagir e, aos três minutos do segundo tempo, Hachi aproveitou uma confusão dentro da área para empurrar a bola para o gol e empatar a partida novamente no Stade del Alpes.

Com os números do marcador representando a igualdade da partida, Bielsa fez três alterações no time. Assim, o Olympique passou a atuar mais à frente, mas não o suficiente para concluir as jogadas com perfeição e evitar a prorrogação.

No tempo extra, houve mais um gol para cada lado. O ganês Ayew marcou para o Olympique, e Selim Bengriba igualou outra vez. Nos pênaltis, Thauvin desperdiçou pela equipe da primeira divisão, enquanto o Grenoble converteu todas as suas cobranças para garantir a classificação heroica.