Gazeta Esportiva

MLS considera "extremamente improvável" retomar a temporada em maio

AFP - São Paulo,SP

14/04/20 | 21:29

A Liga de Futebol dos Estados Unidos (MLS) reconheceu nesta terça-feira que é "extremamente improvável" que possa cumprir sua previsão de retomar a temporada em meados de maio e alertou que poderá ter que cortar jogos do calendário diante da evolução da pandemia da Covid-19.

"Embora esperássemos voltar a jogar em meados de maio, isso é extremamente improvável com base nas orientações das autoridades federais e locais de saúde", afirmou a MLS em comunicado.

MLS não pretende retomar temporada em maio (Foto: Reprodução/MLS)

A liga havia feito essa previsão em 19 de março, uma semana depois de ter de suspender a competição devido à pandemia após apenas duas rodadas disputadas. "Nosso objetivo continua sendo disputar o maior número possível de jogos e, embora atualmente tenhamos datas suficientes para jogar a temporada inteira, reconhecemos que, neste momento, pode ser difícil fazê-lo", admitiu a liga.

Até agora, o calendário da MLS indica que a temporada regular deve terminar em 4 de outubro, dando lugar aos playoffs que vão até a final, conhecida como Copa MLS, em 7 de novembro.

"Continuamos a aprender mais todos os dias com os médicos especialistas e esperamos ter mais detalhes nas próximas semanas sobre quando poderemos jogar novamente", disse a MLS, que chega a 25 temporadas este ano.

Como medida de prevenção de contágio, a MLS também proibiu o uso das instalações de suas equipes até pelo menos 24 de abril. As outras grandes ligas esportivas dos Estados Unidos também permanecem suspensas e sem data para o retorno em meio à expansão do novo coronavírus no país, onde causou mais de 580 mil infecções e 23 mil mortes, os números totais mais altos do mundo.

Nesta terça-feira, a liga de hóquei no gelo (NHL) prorrogou sua recomendação de auto-isolamento para jogadores, treinadores e trabalhadores até 30 de abril, enquanto os dirigentes da NBA anteciparam na semana passada que não tomarão nenhuma decisão sobre o futuro da temporada pelo menos até maio.

Deixe seu comentário