Futebol/Copa da Inglaterra

Liverpool leva susto, mas Gerrard garante vitória sobre o Wimbledon

GazetaEsportiva.net - Londres, - Inglaterra
05/01/2015 19:54:00

Em: Campeonatos, Futebol, Futebol Internacional, Liverpool

Em jogo válido pela terceira fase da Copa da Inglaterra – o torneio de futebol mais antigo do mundo –, o Liverpool passou sufoco, mas bateu o AFC Wimbledon por 2 a 1 e garantiu vaga na próxima etapa da competição.

Simultaneamente, contrariando as expectativas na terra da Rainha, o Tottenham apenas empatou com o Burnley em 1 a 1, forçando a realização de um segundo confronto para decidir o classificado.

O jogo – Com três divisões de e 110 anos diferença entre as duas equipes – os tradicionaisReds disputam a Premier League com 18 títulos somados ao longo de sua história, enquanto o Wimbledon foi fundado por torcedores em 2002 e joga a League Two, quarta divisão na hierarquia inglesa –, os favoritos precisaram de apenas 12 minutos para abrir o placar.

O Liverpool passou sufoco diante do time da quarta divisão inglesa, mas Gerrard garantiu vaga
O Liverpool passou sufoco diante do time da quarta divisão inglesa, mas Gerrard garantiu vaga – Credito: AFP

Bem posicionado no meio da área, o ídolo Steven Gerrard – que disputa a sua última temporada pela equipe e está a caminho do Los Angeles Galaxy – aproveitou uma bola levantada e tocou de cabeça para o fundo do gol, abrindo o placar para o time visitante no The Cherry Red Records Stadium.

Aos 36, veio a frustração para o time de Brendan Rodgers. Dessa vez, na figura do atacante Adebayo Akinfenwa. O inglês com nacionalidade nigeriana aproveitou os seus quase 100 kg de massa muscular – capaz de levantar 180 kg no supino, segundo o próprio atleta – para vencer a zaga dos Reds no corpo a corpo e empurrar a bola de carrinho para a rede. Estava reinaugurada a festa da fanática torcida do AFC Wimbledon.

Capaz de levantar 180 kg, Akinfenwa quase estragou a festa do Liverpool
Capaz de levantar 180 kg, Akinfenwa quase estragou a festa do Liverpool – Credito: AFP

A comemoração, todavia, voltou a ser prejudicada aos 17 da etapa final, quando Gerrard chutou de direita no canto esquerdo do gol e garantiu o alívio de Brendan Rodgers, que não o trata como titular absoluto da equipe.

Com dificuldades, Tottenham empata e força segundo jogo – O único gol dos Spurs na partida demorou 56 minutos para sair, refletindo a baixa qualidade técnica e a falta de oportunidades do confronto.

O tento foi marcado pelo meia-atacante Chadli, aos 11 do segundo tempo. Aos 28, entretanto, Vokes deixou tudo igual no marcador, obrigando as duas equipes a disputarem uma segunda partida para definir o classificado, ainda sem data agendada.