Ex-jogador recorre ao CAS após ter barrada sua candidatura para presidência da Fifa

São Paulo, SP

16-11-2015 12:01:53

O ex-jogador de Trinidad e Tobago David Nakhid entrou nesta segunda-feira com um recurso contra a Fifa na Corte Arbitral do Esporte (CAS) após a decisão do Comitê Eleitoral da entidade de recusar sua candidatura para a presidência da organização.

As informações da corte garantem que a Fifa não aprovou a candidatura de Nakhid pelo fato do ex-jogador não ter conseguido o apoio oficial de ao menos cinco federações, fator considerado essencial para o lançamento da candidatura. Pela mesma razão, o brasileiro Zico também não foi aprovado.

Recorrendo ao CAS, Nakhid solicita que a decisão importa pela entidade seja anulada, e, portanto, sua candidatura possa ser reavaliada. A corte ainda não definiu uma data para a audiência que irá tratar do caso, e afirma que um calendário processual será estipulado nos próximos dias, após consultar ambas as partes envolvidas na situação.

A eleição que irá definir o novo presidente da Fifa está marcada para ocorrer no dia 26 de fevereiro de 2016. Até o momento, cinco candidatos foram aprovados: o príncipe jordaniano Ali Al-Hussein, o xeque Salman Bin Khalifa Al Ebrahim, Jérôme Champagne, Gianni Infantino e Tokyo Sexwale. Michel Platini também lançou sua candidatura, no entanto, a mesma ainda não foi analisada pela Fifa, devido a suspensão sofrida pelo francês.

Deixe seu comentário