Confira as curiosidades do Mundial de Clubes da Fifa

São Paulo, SP

03/02/22 | 08:00 - 01/02/22 | 13:06

O Mundial de Clubes da Fifa começa dia 3 de fevereiro, quinta-feira, com algumas curiosidades. Para entrar no clima da competição, a Fifa enumerou algumas informações importantes do torneio mais cobiçado dos times brasileiros:

O gol mais rápido

Na edição de 2018, Mohamed Ahmed, do Al Ain, levou apenas 1 minuto e 19 segundos para balançar a rede contra o Tunis. O antigo detentor do recorde era Diego Tardelli, que marcou contra o Guangzhou Evergrande em 2013 com 1 minuto e 51 segundos.

Mohamed Ahmed
(Foto: Twitter / Al Ain)

 

Mais novo a marcar

Alexandre Pato teve uma trajetória diferente no início de sua carreira no Internacional. Foi inscrito para o Mundial sem nunca ter entrado em campo e fez um gol apenas um minuto depois de estrear. Com 17 anos e 3 meses de idade se tornou o jogador mais jovem de qualquer competição oficial masculina da Fifa a anotar um gol, quebrando o recorde que era de ninguém menos que Pelé, que marcou contra País de Gales na Copa de 1958.

Alexandre Pato
(Foto: Divulgação / Internacional)

 

País com mais representantes

O Brasil levou para o torneio 9 clubes diferentes desde quando o novo formato foi adotado: Atlético Mineiro, Corinthians, Flamengo, Internacional, Santos, São Paulo e Vasco. O segundo na lista é o México, com oito. Com os europeus, a Inglaterra lidera com três.

Palmeiras Mundial
(Foto: Cesar Greco)

 

Maior artilheiro

Com 7 gols anotados, Cristiano Ronaldo é o maior artilheiro da competição, seguido de Bale, com seis. Messi tem cinco gols, assim como Suárez, mas o uruguaio marcou todos em uma única edição.

Cristiano Ronaldo Mundial
(Foto: Oli SCARFF / AFP)

 

Campeões por times diferentes

São 6 os jogadores que foram campeões por mais de um clube: Dida (Corinthians e Milan), Danilo (São Paulo e Corinthians), Thiago Alcântara (Barcelona e Bayern), Toni Kroos (Bayern e Real Madrid), Cristiano Ronaldo (Manchester United e Real Madrid) ) e Xherdan Shaqiri (Bayern e Liverpool).

Dida Mundial
(Foto: Divulgação)

 

Hat-trick

Marcar três gols em uma partida não é para qualquer jogador, apenas 4 conseguiram esse feito: Luis Suárez, Gareth Bale, Hamdou Elhouni e Cristiano Ronaldo. O último, único que conseguiu em uma final.

Luis Suárez Mundial
(Foto: DANIEL DUARTE / AFP)

 

Bola de Ouro

O Brasil é o país com mais jogadores eleitos os melhores do torneio. Edilson, Rogério Ceni, Kaká e Cássio representam o país na lista. Messi é o único que venceu duas vezes a premiação, já Cristiano Ronaldo foi quem mais subiu ao pódio, com uma de ouro e três de bronze.

São Paulo Mundial
(Foto: Divulgação)

 

Bicampeões 

Corinthians e Bayern de Munique são os únicos que venceram mais de uma vez o troféu do novo formato da competição pela Fifa. O paulista quando venceu em 2000 e 2012, os alemães em 2013 e 2020, sendo os atuais vencedores.

Corinthians Mundial
(Foto: Tomofumi Kitano)

Deixe seu comentário