Gazeta Esportiva

Cinemas e estádios reabrem ao público na Nicarágua com cautela por covid-19

AFP - São Paulo,SP

29/08/20 | 19:46

Cinemas e estádios de futebol na Nicarágua, que durante os meses mais intensos da pandemia de covid-19 ficaram fechados ao público, vão reabrir neste sábado (29) com medidas de segurança, informaram fontes do setor.

(Foto: Johan Ordonez/AFP)

Embora o governo do presidente Daniel Ortega não tenha adotado medidas de confinamento para conter o contágio pela covid-19 e organismos locais e internacionais questionem as cifras oficiais de contágios do país, o setor privado orientou a suspensão das atividades não essenciais como medida de proteção.

Após cinco meses fechados, os cinemas reabrirão ao público com normas obrigatórias de biossegurança para que os frequentadores possam se divertir com confiança, disse à AFP o gerente de marketing da rede Cinemas, Iván Peña.

O protocolo de higiene e segurança prevê o uso obrigatório de máscaras, álcool em gel, desinfecção das salas após cada sessão e a ocupação de apenas 36% da capacidade dos locais.

"A decisão de abrir novamente é importante, levando em conta todas estas medidas; era necessário contar com um protocolo importante para a segurança dos clientes, da entrada à saída dos locais", acrescentou Peña.

A liga de futebol da Nicarágua, a única que se manteve ativa na América Latina durante a pandemia, teve que disputar o torneio Clausura sem público, mas neste fim de semana permitirá a presença da torcida nos estádios.

"A partir da sexta rodada, as partidas da Primeira Liga poderão ser disputadas com 50% de ocupação da torcida correspondente a cada aparelho onde se disputa o torneio Abertura 2020", determinou um comunicado da direção da Liga.

Os clubes que integram a Primeira Liga deverão manter um estrito apego ao protocolo sanitário a todo o momento, salvaguardando a saúde dos jogadores e da equipe técnica envolvidos nas partidas, assim como da torcida que decidir ir aos estádios, acrescentou.

Com uma população de 6,2 milhões de habitantes, a Nicarágua registra, segundo os números oficiais das últimas semanas, um total de 4.494 contágios e 137 óbitos pelo novo coronavírus, embora o observatório cidadão, rede de médicos e cidadãos, contabilize 9.998 casos e 2.680 mortes suspeitas.

Deixe seu comentário