Carlos Sánchez frustra River e vai para o Monterrey-MEX após o Mundial

São Paulo, SP

15-11-2015 09:57:05

O River Plate tentou, mas não conseguiu segurar um dos seus principais jogadores neste ano: o meio-campista Carlos Sánchez, que costurou um acordo milionário para defender o Monterrey, do México, a partir de 2016. Antes disso, no entanto, o uruguaio ainda veste a camisa dos argentinos na reta final da Copa Sul-Americana e no Mundial de Clubes.

Na equipe mexicana, Sánchez deverá receber cerca de US$ 800 mil dólares (aproximadamente R$ 3 mi) por mês, valores que assustaram os clubes brasileiros que o cobiçavam, como o Internacional. Os colorados ainda tentaram viabilizar a contratação do atleta através de acordos com grupos empresariais, mas o alto patamar de salários tornou-a inviável.

Quem se enfureceu com a negociação foi o presidente do River Plate, Rodolfo D’Onofrio. Segundo ele, Sánchez havia se reunido com a diretoria, encaminhado sua renovação e até dito que seguiria defendendo o time do Monumental de Núñez.

“Nos reunimos pela permanência de Sánchez, e agora o estou esperando, porque tínhamos um acordo, ele até me saudou emocionado. Quero que diga na minha cara que esse abraço que me deu é mentira”, disparou o mandatário em entrevista ao jornal Olé.

Assim, com a partida do meio-campista de 30 anos, que se valorizou na equipe com um alto nível de atuações em 2015 e levou o River à conquista da Libertadores, reforços deverão ser contratados para o ano que vem, pelo menos é o que garante D’Onofrio.

Antes da partida do uruguaio, os millonarios ainda poderão desfrutar de seus serviços no segundo jogo da semifinal da Copa Sul-Americana, fora de casa contra o Huracán, após derrota por 1 a 0 no Monumental. Depois do torneio continental, Sánchez vai com a equipe ao Japão para a disputa do Mundial de Clubes. Lá, o time argentino estreia no dia 16 de dezembro, disputando semifinal contra Auckland City-NZE, Mazembe-CON ou o campeão japonês, ainda a ser definido. Caso se classifique para a decisão, espera o qualificado da outra chave, cujo favorito absoluto é o Barcelona.

Deixe seu comentário