Futebol Internacional/Supercopa da Espanha

Atlético de Madrid vence Real na prorrogação e leva a Supercopa da Europa

São Paulo , SP
15/08/2018 18:38:54 — 15/08/2018 18:59:21

Em: Atlético de Madrid, Futebol, Futebol Internacional, Real Madrid

O Atlético de Madrid começou a temporada com o pé direito. Nesta quarta-feira, a equipe de Diego Simeone conquistou a Supercopa da Europa diante do Real Madrid após vitória por 4 a 2 na prorrogação com gols de Diego Costa (2), Saúl e Koke. Benzema e Sergio Ramos marcaram para o time merengue.

O placar foi aberto por Diego Costa ainda no primeiro minuto de jogo. Benzema, aos 26, empatou. No segundo tempo, Sergio Ramos, de Pênalti, e Diego Costa fizeram 2 a 2. Na prorrogação, o Atlético abriu vantagem com golaços de Saúl e Koke, ambos no primeiro tempo, e conquistou o título.

Atlético abre o placar no primeiro minuto, mas Real busca o empate

A Supercopa da Espanha não poderia começar melhor para o Atlético de Madrid. Ainda no primeiro minuto de jogo, o zagueiro Godin, do campo de defesa, lançou Diego Costa. O atacante ganhou de Sergio Ramos na bola aérea, invadiu a área e finalizou forte para vencer Keylor Navas e abrir o placar da partida.

Depois de sofrer o gol tão cedo, o Real Madrid tentou envolver o rival trocando passes, mas a marcação do Atlético de Madrid era muito forte e não dava espaços para o time merengue. O ataque do Real era comandado, principalmente, por Marcelo e Benzema, que criavam a maioria das jogadas da equipe.

Foi em investida pela esquerda que o Real Madrid teve sua primeira chance de perigo. Aos 16 minutos, Marcelo cruzou por baixo na pequena área com direção a Benzema, mas Oblak conseguiu desviar a bola antes que ela chegasse ao atacante merengue.

No entanto, aos 26 minutos, o goleiro do Atlético nada pôde fazer para evitar o empate. Bale arrancou pela direita, cruzou na área e encontrou Benzema. O francês, na entrada da pequena área, cabeceou sem chances para Oblak e empatou o jogo.

Após o gol de empate, o Real Madrid diminuiu a pressão, mas não deixou de atacar. Já o Atlético, que estava bastante recuado, passou a atacar mais, como não fazia desde os primeiros momentos do jogo. No entanto, apesar da pressão do Atleti, o placar permaneceu 1 a 1 até o intervalo.

Real vira o jogo, mas Diego Costa leva para a prorrogação

O segundo tempo começou mais movimentado que o primeiro, com ambas as equipes buscando o gol de desempate. No entanto, as duas defesas estavam muito sólidas e impediam quaisquer tentativas ofensivas.

Aos 17 minutos, o Real Madrid chegou ao gol da virada em pênalti. Juanfran disputou bola aérea com Benzema e acabou desviando a redonda com o braço. Na cobrança, Sergio Ramos demonstrou impressionante frieza, tirou de Oblak e colocou o time merengue na frente.

Em desvantagem, o Atlético teve de atacar ainda mais, mas Varane e Sergio Ramos faziam grande partida e impediam as ofensivas adversárias. No entanto, quando a partida caminhava para o final, a zaga merengue não conseguiu parar Diego Costa.

Aos 33 minutos, o atacante, autor do primeiro gol do jogo, empatou novamente a partida. Juanfran aproveitou erro de Marcelo, cruzou pela direita e encontrou Angel Correa na pequena área. O camisa 10 rolou para Diego Costa, que chutou firme para empatar a partida e fechar o placar do tempo regulamentar.

Atlético vira com golaços na prorrogação e conquista o título

Na prorrogação, o Real Madrid foi dominante nos primeiros cinco minutos. A equipe de Julen Lopetegui pressionou em busca do terceiro gol, mas ele não veio. Na melhor chance do time, Carvajal aproveitou sobra em cobrança de escanteio e chutou de fora da área, mas Oblak fez defesa fácil.

Por outro lado, o Atlético de Madrid foi letal quando começou a atacar e virou o jogo com dois golaços. Aos sete minutos, Saúl recebeu cruzamento de Thomas e acertou um belo voleio para virar o jogo. Pouco depois, aos 13 minutos, Vitolo serviu Koke e o espanhol chutou de primeira para dobrar a vantagem da equipe.

No restante da prorrogação, o Real Madrid atacou com todas as suas forças, mas não conseguiu passar pela sólida defesa do Atlético de Madrid, que defendia com 11 os jogadores no campo de defesa. Ao final de 120 minutos de futebol, o Atlético de Madrid venceu por 4 a 2 e conquistou a Supercopa da Europa.

FICHA TÉCNICA
REAL MADRID 2 X 4 ATLÉTICO DE MADRID

Local: Estádio Lillekülla, em Tallinn (Estônia)
Data: 15 de agosto de 2018, quarta-feira
Horário: 16h00 (de Brasília)
Árbitro: Szymon Marciniak (Polônia)
Assistentes: Pawel Sokolnicki (Polônia) e Tomasz Listkiewicz (Polônia)
Cartões amarelos: Marco Asensio, Marcelo, Dani Ceballos, Modric e Sergio Ramos (Real Madrid); Angel Correa, Diego Costa e Vitolo (Atlético de Madrid)
Cartões vermelhos: —
GOLS
Real Madrid: Benzema, aos 26 minutos do primeiro tempo, e Sergio Ramos, aos 17 minutos do segundo tempo
Atlético de Madrid: Diego Costa, a um minuto do primeiro tempo e aos 33 minutos do segundo tempo, Saúl, aos sete minutos do primeiro tempo da prorrogação, e Koke, aos 13 minutos do primeiro tempo da prorrogação

REAL MADRID: Keylor Navas; Dani Carvajal, Sergio Ramos; Raphaël Varane e Marcelo; Casemiro (Ceballos), Toni Kroos (Mayoral) e Isco (Lucas Vasquez); Gareth Bale, Marco Asensio (Modric) e Karim Benzema.
Técnico: Julen Lopetegui

ATLÉTICO DE MADRID: Jan Oblak; Juanfran, Savic, Diego Godín e Lucas Hernandez; Thomas Lemar (Thomas Partey), Rodrigo (Vitolo), Saúl Ñíguez e Koke; Antoine Griezmann (Angel Correa) e Diego Costa (Gimenez).
Técnico: German Burgos