Atlético de Madrid apronta para cima do Leverkusen e larga na frente

São Paulo, SP

21-02-2017 18:35:39

O Atlético de Madrid saiu na frente na decisão das oitavas de final da Liga dos Campeões. Jogando no estádio BayArena, a equipe espanhola bateu o Bayer Leverkusen em um jogão. Com um ataque muito rápido, a equipe do técnico Simeone aplicou 4 a 2 nos adversários.

Mesmo fora de casa, o Atléti se mostrou bem à vontade. Recuado no primeiro tempo, o Bayer não conseguiu segurar o forte ataque do time espanhol, que abriu o placar com um golaço de Saúl Ñíguez, chutando de fora da área, e ampliou em um contra-ataque matador, que terminou com Griezmann finalizando. Já no segundo tempo, Bellarabi descontou para o Leverkusen. Na sequência, Gameiro fez o terceiro dos visitantes em cobrança de pênalti. Contra, Savic deixou os alemães vivos na partida, mas as esperanças acabaram depois do gol de cabeça de Fernando Torres, que decretou a vitória.

O time do técnico Diego Simeone segue em busca de sua primeira Liga dos Campeões e, para isso, deverá segurar os alemães na próxima partida. O duelo de volta acontece no próximo dia 15 de março, no estádio Vicente Calderón, às 16h45 (de Brasília).

Atletico Madrid's French forward Antoine Griezmann celebrate after scoring the 0-2 goal during the UEFA Champions League round of 16 first-leg football match between Bayer 04 Leverkusen and Club Atletico de Madrid in Leverkusen, western Germany on February 21, 2017. / AFP PHOTO / dpa / Federico Gambarini / Germany OUT
Griezmann anotou um dos gols da vitória por 4 a 2 do time espanhol (Foto: Federico Gambarin/AFP)

Primeiro tempo arrasador - Com um ataque muito rápido formado por Griezmann e Gameiro, e alimentado por Koke e Carrasco, o Atléti começou mostrando que daria trabalho. Logo aos sete minutos do primeiro tempo, Carrasco fez boa jogada pela direita e cruzou rasteiro, mas viu a zaga afastar.

Mesmo com menor posse de bola, o time espanhol se mostrou mais ligado na partida. Filipe Luis pegou rebote do goleiro e cruzou na área. O lateral esquerdo brasileiro Wendell tentou fazer o corte e jogou a bola no travessão, assustando os torcedores do Leverkusen.

A estrela do ataque do Atléti brilhou poucos minutos depois. O meia Saúl Ñíguez avançou pela ponta direita, cortou para o meio e acertou um chutaço de perna direita, no ângulo do goleiro Leno: 1 a 0. E quando parecia que o Bayer iria voltar a ficar com a bola e tentar uma investida, o time espanhol deu um banho de água fria no adversário. Depois de erro no meio-campo, a bola sobrou limpa para Gameiro, que gingou na frente dos marcadores e tocou para Griezmann, livre, bater firme e ampliar.


Segundo tempo movimentado - Quando parecia que o Atlético de Madrid iria apenas administrar o jogo durante a segunda etapa e sair da Alemanha com 2 a 0 à favor, o Bayer mostrou que venderia caro a derrota. Logo aos dois minutos, o habilidoso meia Bellarabi descontou: o camisa 38 apareceu bem colocado no meio da área e finalizou com classe.

O time espanhol não ficou atrás da linha da bola e adiantou sua marcação, com o objetivo de pressionar a saída de bola do adversário. Aos 12 minutos, Gameiro fez um lance magnífico na linha de fundo, passou a bola por entre as pernas de Dragovic e foi derrubado. Na cobrança do pênalti, o próprio meia chutou firme no meio do gol e ampliou: 3 a 1.

A sorte, no entanto, não favoreceu o time de Madri poucos minutos depois. Aos 22, Brandt cruzou rasteiro da direita, o goleiro Moya rebateu nas pernas de Savic e a bola morreu no fundo das redes, deixando o Leverkusen novamente vivo na partida.

Já nos minutos finais de jogo, depois de muita pressão do Bayer, que finalizava muitas bolas para fora, o técnico Simeone colocou o experiente Fernando Torres no lugar de Gameiro, e "El Niño" deixou o dele. O atacante apareceu bem posicionado dentro da área, recebeu cruzamento da direita e cabeceou com perfeição, tirando do goleiro e dando números finais à partida: 4 a 2.

Deixe seu comentário