Futebol/Copa da Inglaterra

Arsenal desperdiça muitas oportunidades, mas vence e avança na Copa

GazetaEsportiva.net - Londres, - Inglaterra
04/01/2015 17:32:00

Em: Arsenal, Campeonatos, Futebol, Futebol Internacional

Jogando em casa, no Emirates Stadium, o Arsenal venceu com tranquilidade o Hull City por 2 a 0 pela Copa da Inglaterra. Os Gunners poderiam ter goleado o adversário, mas pararam na grande atuação do goleiro Harper. Mesmo assim, com gols de Mertesacker e Alexis Sánchez, a equipe de Londres conseguiu o triunfo e avançou para a quarta fase da competição.

Agora, após avançar de fase na Copa, o Arsenal volta ao foco do Campeonato Inglês, onde ocupa a quinta colocação. O time entrará em campo no próximo domingo, quando encara o Stoke City em casa outra vez.

Por outro lado, o eliminado Hull City terá que disputar o Campeonato Inglês pelo resto da temporada. Brigando para não cair na Série A, o clube está na 15ª posição e terá um confronto direto na briga contra o rebaixamento no próximo sábado, quando enfrenta, fora de casa, o West Bromwich.

Após perder boas oportunidades no primeiro tempo, Alexis Sáchez conseguiu balançar as redes na segunda etapa
Após perder boas oportunidades no primeiro tempo, Alexis Sáchez conseguiu balançar as redes na segunda etapa – Credito: AFP

O jogo – Com o apoio da torcida, o Arsenal começou a partida pressionando o adversário. Logo nos minutos iniciais, Joel Campbell teve grande chance de abrir o placar, mas Harper fez grande defesa. Em seguida, Alexis Sánchez teve sua chance inaugurar o marcador, mas acabou mandando para fora. Deste modo, após as tentativas dos atacantes, foi a vez de Mertesacker ter sua chance. Após cobrança de escanteio, o alemão subiu mais que a defesa e cabeceou com tranquilidade para fazer o primeiro gol da partida.

Antes do final da primeira etapa, os Gunners ainda tiveram mais duas boas chances de balançar as redes, mas pararam nas grandes defesas de Harper. O Hull só conseguiu ameaçar a meta de Ospina uma vez, quando Maguire tocou de cabeça após o escanteio e obrigou o arqueiro colombiano a fazer uma boa defesa.

Após o intervalo, os donos da casa não diminuíram o ritmo e continuaram jogando no campo de ataque e criando boas oportunidades. Sánchez tentou mais duas vezes antes de conseguir marcar. Aos 36 minutos, ele recebeu belo passe de Cazorla, girou e, de fora da área, bateu com categoria no canto esquerdo do goleiro. Com o placar garantido, o Arsenal só cadenciou a partida até o árbitro apitar o final de jogo.