Apesar dos elogios, Kaká não vê Coutinho como substituto de Gerrard

São Paulo, SP

12-08-2015 16:19:07

Grande referência do Orlando City, time que disputa a Conferência Leste da Major League Soccer (MLS), o meia Kaká fez a vez de comentarista, em entrevista ao jornal Mirror, e comentou sobre a ascensão de Philippe Coutinho no Liverpool. Apesar de fazer muitos elogios ao estilo de jogo do compatriota, Kaká negou que o atual camisa 10 consiga substituir Steven Gerrard.

O inglês, que fez sua carreira no Liverpool durante pouco mais de duas décadas, abandonou a cidade conhecida por ser terra natal dos Beatles para migrar aos Estados Unidos. Ao lado do mexicano Giovanni dos Santos e do irlandês Robbie Keane, Gerrard é um dos principais jogadores do LA Galaxy, time que já foi defendido por David Beckham. E agora, com a ausência de um grande ídolo no Liverpool, Kaká acredita que Coutinho pode se destacar.

“Coutinho é um cara humilde. Ele não vai falar sobre ser capaz de substituir uma lenda como Steven Gerrard, e a verdade é que ninguém poderia substituí-lo, mas com a saída de Gerrard eles precisam de alguém que assuma a responsabilidade – e ele pode fazer isso. Tenho sido um grande admirador de Coutinho e ele pode ser um jogador muito importante para o Liverpool e o Brasil”, declarou.

Mesmo com a saída do ícone dos Reds, Steven Gerrard, o Liverpool espera conquistar grandes coisas nesta temporada. Contratando reforços de peso como o atacante belga Benteke, os ingleses Milner e Nathaniel Clyne e o brasileiro Roberto Firmino, e mantendo jogadores importantes do elenco como Coutinho e Henderson, a expectativa na terra dos Beatles é que, pelo menos, o clube chegue à Liga dos Campeões. Kaká sabe que vai haver muita pressão nas costas de Coutinho, mas acredita que ele poderá suportar a situação e se tornar um ícone ainda maior na equipe de Brendan Rodgers.

“Vai haver muita expectativa sobre ele, com o Liverpool lutando para voltar à Liga dos Campeões, mas eu sei que ele pode aguentar. Um grande jogador não faz um time, mas você pode construir um time em torno de um grande jogador, e acredito que ele pode ser esse jogador", afirmou o meio-campista do Orlando City.

Deixe seu comentário