Libertadores feminina começa com três times brasileiros na disputa do título

São Paulo, SP

18-11-2018 12:06:52

Direto da Arena Amazônia, a Libertadores Feminina terá seu pontapé inicial neste domingo. A competição que a partir de 2019 será pré-requisito para os times de futebol participarem da versão masculina terá nesta temporada três representantes brasileiros e sede única, no estádio feito para a Copa do Mundo em Manaus.

Iranduba, Santos e Audax são os times brasileiros do torneio, que vai até dia 2 de novembro, dia da decisão. No regulamento, 12 times buscam o título e passam por três rodadas de classificação, de onde saem apenas os quatro melhores direto para a semifinal.

No intuito de valorizar a categoria, a Conmebol faz o artifício dos times masculinos dependerem da existência de um feminino no clube para participar do torneio, mas ainda assim, o estímulo financeiro da entidade fica bem aquém da importância da competição para o futebol feminino.

Comparando com o prêmio de campeão que River Plate ou Boca Júniors levará para casa no próximo sábado (24), cerca de 6 milhões de dólares (22,47 milhões de reais), a premiação feminina é quase pífia. O vencedor levará 50 mil dólares (177 mil reais), mais o troféu e 28 medalhas, o vice ganha 35 mil dólares mais 28 medalhas prateadas e o terceiro lugar, 20 mil dólares mais 28 medalhas de bronze.

Neste domingo, a disputa começa com Urquiza x Cerro Porteño (20h de Brasília) e Flor de Patria x Iranduba (22h30 de Brasília) . Os dois confrontos serão realizados na Arena da Amazônia.

Deixe seu comentário