Flamengo não quer aumentar pressão por causa do G4

Gazeta Press - Rio de Janeiro,RJ

11-09-2015 13:48:45

Beneficiado por alguns resultados e após vencer o Cruzeiro por 2 a 0, o Flamengo enfim entrou no G4, a zona de classificação para a Copa Libertadores. A torcida está eufórica com a grande campanha do time, porém, os jogadores e o técnico Oswaldo de Oliveira procuram tratar do tema com tranquilidade. A ideia é evitar que a pressão se torne maior pelo simples fato de o time estar no grupo dos primeiros colocados.

“O Flamengo tem que pensar sempre no próximo jogo e não se está ou não no G4. O importante é estar neste grupo após a última rodada e para que isso aconteça não podemos tratar a situação como um bicho de sete cabeças. Não podemos nos levar por essa magia da posição na tabela de classificação. O nosso foco precisa ser sempre o próximo obstáculo, pois se ele for superado um horizonte vai se abrir”, disse Oswaldo.

O goleiro Paulo Victor adota a mesma linha de raciocínio. “O Flamengo não pode permitir que a ansiedade prejudique o seu desempenho. Foi muito complicado entrar na zona de classificação para a Copa Libertadores, porém, o mais complicado é se manter nela, e, principalmente, acabar a competição dentro dela, haja vista que a concorrência segue muito forte. O Flamengo tem um time em condições de conseguir esse objetivo. Porém, precisamos pensar sempre na próxima partida”, disse Paulo Victor.

 

 

Na visão do zagueiro Samir o Flamengo deve se preocupar com a sua pontuação e não com a posição de momento na tabela de classificação. “A pontuação na tabela de classificação é importante como o indicativo que mostra se estamos ou não no caminho certo. Porém, a posição na tabela de classificação varia de rodada para rodada e não podemos entrar em desespero se em algum momento cairmos uma posição ou outra, pois isso faz parte do jogo quando se está falando de uma competição longa e desgastante como o Campeonato Brasileiro.Temos que pensar sempre no próximo jogo e procurar a vitória, pois a importância da zona de classificação para a Copa Libertadores aparece apenas na última rodada”, avisou o defensor.

Se a estratégia é pensar sempre no próximo jogo o foco agora é o duelo contra a Chapecoense, neste domingo, às 16h(de Brasília), na Arena Condá, pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com pouco tempo para treinar a sua equipe, Oswaldo só vai definir neste sábado a escalação.

O atacante Paolo Guerrero, que retornou da seleção peruana, não se juntou ao grupo e foi descartado para esta partida. A ideia do departamento médico é afastar qualquer risco de lesão, uma vez que ele vinha se recuperando de um problema no tornozelo direito. Recuperado de um estiramento na coxa esquerda, o meia Ederson se encontra à disposição da comissão técnica e seu aproveitamento depende exclusivamente de Oswaldo.

Deixe seu comentário