Espanha sofre, mas estreia com vitória sobre República Tcheca na Euro

São Paulo, SP

13-06-2016 11:52:42

A Espanha entrou em campo nesta segunda-feira para defender seu título da Eurocopa. Os atuais bicampeões encararam a República Tcheca e sofreram para conseguir a vitória na estreia. Depois de muita paciência e diversas chances de gol perdidas, a Fúria balançou as redes com Piqué, de cabeça, após belo cruzamento de Iniesta, já no final da partida.

O meio-campista do Barcelona liderou a Espanha no confronto. Ditando o ritmo do jogo da equipe e distribuindo ótimos passes para colocar seus companheiros cara a cara com Cech, Iniesta era o maestro da Fúria. O atacante da Juventus Morata também foi destaque, protagonizando os principais lances de perigo espanhóis.

O resultado coloca a Espanha na liderança do Grupo D, ao lado da Croácia, que também venceu neste domingo a Turquia, com gol de Modric. O próximo compromisso dos espanhóis acontece na próxima sexta-feira, contra a Turquia, em Nice, no sul da França.

O Jogo - Morata foi, ao lado de Iniesta, peça-chave da seleção espanhola no primeiro período. Aos 15 minutos o atacante da Juventus recebeu passe de David Silva e finalizou na pequena área, no entanto, Cech cresceu e com excelente bloqueio impediu que o jogador balançasse as redes para a atual campeã da Eurocopa.

Aos 28 minutos novamente Morata protagonizou um lance de perigo para a Espanha. Após a defesa da República Tcheca sair jogando errado, ele recebeu a bola e finalizou cruzado, obrigando Petr Cech a fazer mais uma defesa providencial. Jordi Alba ainda teve mais uma boa chance após assistência de Iniesta, mas a Fúria teve de ir para os vestiários com o empate sem gols.

Iniesta foi o principal nome na vitória da Espanha (Foto: PASCAL GUYOT/AFP)
Iniesta foi o principal nome na vitória da Espanha (Foto: PASCAL GUYOT/AFP)

No segundo tempo a Espanha manteve o domínio sobre os tchecos e logo aos 30 segundos quase abiu o placar. Após lançamento de Iniesta, Morata recebeu na direita e fez um passe rasteiro para dentro da área, o zagueiro Hubnik tentou cortar e carimbou a trave de Cech, quase marcando gol contra. Um minuto depois Nolito aproveitou rebote na cobrança de escanteio, viu seu chute ser bloqueado e na volta Sergio Ramos chegou perto de balançar as redes, mas sua tentativa esbarrou nos pés da defesa rival.

Acuada, a República Tcheca chegou à meta de De Gea aos 12 minutos. Em jogada de bola aérea Rubnik recebeu com liberdade e de carrinho finalizou, obrigando o goleiro do Manchester United a fazer importante defesa. Sete minutos mais tarde foi a vez de Fàbregas salvar a investida dos tchecos em cima da linha após mais uma jogada de bola aérea.

Após continuar pressionando, a Espanha, enfim, foi recompensada com um gol aos 41 minutos da etapa complementar. Mais uma vez Iniesta fez a diferença, cruzando na cabeça de Piqué, que precisou apenas arrematar para o fundo das redes, sem chances para Petr Cech. Sem tempo para reagir, a República Tcheca nada pode fazer e acabou saindo de campo com o revés.

FICHA TÉCNICA
ESPANHA 1 x 0 REPÚBLICA TCHECA

Local: Estádio de Toulouse, em Toulouse (França)
Data: 13 de junho de 2016, segunda-feira
Horário: 10 horas (de Brasília)
Árbitro: Szymon Marciniak (POL)
Assistentes: Pawel Sokolnicki (POL) e Tomasz Listkiewicz (POL)
Cartões amarelos: Limbersky
Gols: Piqué, aos 41 minutos (2T)

ESPANHA: De Gea; Juanfran, Sergio Ramos, Piqué e Jordi Alba; Busquets, Iniesta, Fàbregas (Thiago Alcântara) e David Silva; Morata (Aduriz) e Nolito (Pedro)
Técnico: Vicente del Bosque

REPÚBLICA TCHECA: Petr Cech; Kaderábek, Sivok, Hubnik e Limbersky; Darida, Plasil, Gebre Selassie (Sural), Rosicky e Krejcí; Necid (Lafata)
Técnico: Pavel Vrba

 

Deixe seu comentário