Brasileiro Série B

Estádio Olímpico | 01/09/2018

Futebol/Série B do Campeonato Brasileiro

Ernandes faz dois, Goiás supera Fortaleza e entra no G4 da Série B

São Paulo , SP
01/09/2018 20:52:13

Em: Brasileiro Série B, Fortaleza, Futebol, Goiás

O G4 da Série B do Campeonato Brasileiro possui um novo integrante, o Goiás. Neste sábado, o Esmeraldino mostrou muita personalidade, foi efetivo e superou o líder Fortaleza por 3 a 1 no Estádio Olímpico de Goiânia, pela 24ª rodada. Victor Ramos foi o responsável por abrir o placar, que ainda contou com dois gols de Ernandes. Na segunda etapa, Felipe diminuiu para o Leão, mas não impediu o revés. Com os três pontos, o time comandado por Ney Franco chegou aos 39, sete a menos que os comandados de Rogerio Ceni.

Os primeiros 45 minutos foram de momentos bem distintos de Fortaleza e Goiás. Primeiro, os visitantes e líderes da Série B que dominaram as ações, criando duas ótimas chances com Diego Jussani e Ederson. Depois, a partir dos 25 minutos, os donos da casa passaram a adiantar as linhas e promoveram um verdadeiro bombardeio à meta defendida por Marcelo Boeck, transformando as oportunidades em dois gols, marcados por Victor Ramos e Ernandes.

Se a segunda metade do primeiro tempo foi de total domínio do Goiás, o início do segundo tempo foi do Fortaleza, que demonstrou muita intensidade para pressionar o adversário e criar boas chances. Em uma delas, aos 15, Felipe arriscou de muito longe e contou com contribuição do goleiro Marcos para diminuir. A alegria do líder da Série B, porém, não durou muito, já que aos 32 Ernandes foi às redes novamente e deu números finais ao jogo.

Com a vitória e a entrada no G4, o Goiás não terá muito tempo para comemorar, já que volta a campo na próxima terça-feira, quando viaja até Campinas para enfrentar o Guarani no Brinco de Ouro. No mesmo dia, o Fortaleza recebe o Figueirense para tentar manter a liderança.

Rogério Ceni perdeu sob o comando do Fortaleza neste sábado (Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)

O JOGO

O início de jogo foi bastante movimentado, com os dois times tomando a iniciativa em busca de abrir o placar, mas com o Fortaleza mostrando mais tranquilidade para manter a posse de bola. Dessa forma, o Goiás, atuando dentro de casa, apertava a marcação e pressionava a saída de bola do time comandado por Rogério Ceni, que acabava não criando tanto perigo à meta defendida por Marcos.

Aos poucos, o líder da Série B começou a se impor e chegar com perigo. Por meio da bola parada, a primeira grande chance do Fortaleza foi aos 18 minutos. Ederson cobrou falta na intermediária, Marcos afastou parcialmente, mas a bola sobrou nos pés do zagueiro Diego Jussani, que dominou e chutou rasteiro, com a bola passando rente a trave dos donos da casa. Na sequência, Marcos apareceu de forma providencial para evitar o gol do time de Ceni.

O que até os 25 minutos foi domínio do Fortaleza rapidamente se transformou em um Goiás muito mais perigoso. Primeiro, Boeck se antecipou sobre Lucão e salvou os visitantes. Depois, aos 27 minutos, Giovanni quase surpreendeu e marcou um gol olímpico.

De tanto assustar, o Goiás comandado por Ney Franco conseguiu balançar as redes não apenas uma, mas duas vezes. Quem abriu o marcador foi Victor Ramos, aos 28 minutos, que aproveitou o bate rebate dentro da área e mandou de bico para o gol, dando início a um verdadeiro bombardeio do Esmeraldino. Antes do segundo, Michael ainda acertou a trave e Alex Silva tirou demais de Boeck.

A vantagem ficou maior aos 35 minutos, quando Lucão acionou Ernandes com um ótimo passe, cabendo ao lateral apenas o trabalho de tirar do arqueiro do Fortaleza para fazer o segundo gol. No último minuto, o terceiro só não saiu pois a cabeçada de Cajá parou nas mãos de Boeck.

Na volta para o segundo tempo, Rogério Ceni pediu incessantemente efetividade e intensidade para seus comandados, que acataram aos chamados e começaram a segunda etapa dispostos a empatar a partida. Logo aos quatro minutos, Dodo aproveitou a sobra do escanteio e disparou para ótima defesa de Marcos.

A pressão não cessou com o passar dos minutos e, utilizando o banco de reservas, Rogério Ceni conseguiu manter o ímpeto de sua equipe, que diminuiu o placar aos 15 minutos com Felipe. O volante arriscou de muito longe e o chute despretensioso acabou surpreendendo Marcos, que não repetiu as boas intervenções de outrora.

A alegria do líder Fortaleza, porém, não durou muito. Aos poucos, a pressão foi cessando junto com o cansaço e o Goiás passou a ser muito perigoso nos contra-ataques. Em um deles, aos 32 minutos, Ernandes recebeu de Maranhão e tocou na saída de Boeck para fazer seu segundo gol, o terceiro do Goiás e dar números finais ao confronto.

FICHA TÉCNICA
GOIÁS 3 X 1 FORTALEZA

Local: Estádio Olímpico Pedro Ludovico Teixeira, em Goiânia (GO)
Data: 1 de setembro de 2018, sábado
Horário: 19 horas (Brasília)
Árbitro: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (SP)
Assistentes: Anderson José de Moraes Coelho (SP) e Bruno Salgado Rizo (SP)

GOLS:
Goiás: Victor Ramos (aos 28 minutos do 1T) e Ernandes (aos 35 minutos do 1T e aos 32 do 2T)
Fortaleza: Felipe (aos 15 minutos do 2T)

CARTÕES AMARELOS:
Fortaleza: Bruno Melo, Felipe
Goiás: Alex Silva, Victor Ramos

GOIÁS: Marcos; Alex Silva, Victor Ramos, David Duarte, Ernandes; Giovanni, Gilberto Jr., Renato Cajá (João Afonso); Rafinha (Júnior Viçosa), Michael e Lucão (Maranhão)
Técnico: Ney Franco

FORTALEZA: Marcelo Boeck; Tinga, Diego Jussani, Ligger e Bruno Melo; Derley (Romarinho), Felipe, Dodô, e Marlon; Ederson (Leonan) e Gustavo (Douglas Coutinho)
Técnico: Rogério Ceni