Em nova virada, Grêmio bate o Desportivo Brasil e agora pega o Ituano novamente

São Paulo, SP

09-01-2016 11:56:45

O sonho do Grêmio de conquistar seu primeiro título da Copa São Paulo de Futebol Júnior segue vivo. De virada, o Tricolor venceu o Desportivo Brasil, de São Paulo, por 2 a 1, no Estádio Novelli Júnior, em Itu, pela segunda fase da competição.

Agora, os gaúchos irão encarar o Ituano, que terá a vantagem de jogar em seus domínios. A seu favor, no entanto, o Grêmio leva o fato de que já bateu o Ituano neste ano. Ainda na fase de grupos, o Imortal venceu os donos da casa de virada, por 2 a 1, e tomou a liderança da chave da equipe de Itu.

O JOGO

O jogo começou com tudo e o Desportivo não precisou de mais do que 60 segundos para abrir o placar. Logo no primeiro lance de ataque do jogo, a equipe conquistou um escanteio e, após a cobrança, Thiago apareceu no meio de três defensores gremistas para cabecear e abrir o placar.

O Grêmio respondeu aos 11 minutos, mas o zagueiro Robson salvou o Desportivo. Após levantamento na área, a bola passou pelo goleiro Brenno e foi em direção ao gol, mas o beque tirou para escanteio.

Depois do ótimo começo, a partida ficou morna e o primeiro tempo terminou apenas com mais uma finalização: Lucas, do Desportivo, finalizou de longe, mas o goleiro do Grêmio fez boa defesa. Na segunda etapa, aos 14 minutos, foi a vez de Luis Henrique, também da equipe à frente no placar, chutar de fora e levar perigo.

Com 16 jogados, uma cena curiosa ocorreu no Novelli Júnior. O árbitro da partida deu o segundo cartão amarelo, e consequentemente o vermelho, para Thiago por falta dura no meio de campo. No entanto, após perceber que o jogador não havia recebido o primeiro amarelo, o árbitro voltou atrás e cancelou a expulsão.

Já na reta final, o Grêmio foi com tudo para frente e começou a pressionar em busca do empate. Aos 27 minutos, o Tricolor igualou o placar com Luan, que recebeu passe da esquerda e mandou para as redes.

Em seguida, o mesmo Luan quase virou com um golaço. O atacante aproveitou bola levantada na área e emendou uma bicicleta, mas a bola carimbou a trave e saiu. Luan teve mais uma oportunidade e nesta balançou as redes, mas a arbitragem anulou o lance por toque de mão do gremista ao dominar a bola e girar o corpo antes de finalizar.

Com 36 jogados, o Grêmio finalmente chegou à virada. Klauss se posicionou bem no escanteio e subiu mais que todo mundo para, de cabeça, virar para o Tricolor.

 

Deixe seu comentário