Em mais um jogo dramático, Criciúma vence o Paysandu no Heriberto Hulse

São Paulo, SP

11-08-2015 21:04:16

O coração do torcedor do Criciúma vem passando por grandes testes nas últimas rodadas da Série B do Campeonato Brasileiro. Nesta terça-feira, jogando no Heriberto Hulse, o Tigre bateu o Paysandu por 1 a 0 em mais um jogo dramático, com o gol da vitória sendo marcado aos 45 minutos do segundo tempo.

Uma partida monótona e de poucas emoções se encaminhava para um empate sem gols quando, aos 43, o Criciúma teve uma penalidade máxima para cobrar. Neto Baiano errou a cobrança, e o goleiro Ivan jogou para escanteio. Na cobrança, enquanto a torcida do Tigre ainda lamentava a chance perdida, o zagueiro Wanderson acabou jogando contra o próprio gol e dando a vitória à equipe de Petkovic.

Vale lembrar que, na última rodada, o Tigre também venceu com altos toques de drama. Jogando contra o Oeste, o time carvoeiro abriu 2 a 0 ainda no primeiro tempo, sofreu o empate e chegou à vitória com um gol de pênalti nos acréscimos. Com os dois triunfos consecutivos em casa, os catarinenses chegaram aos 27 pontos, na 9ª colocação.  O Papão vem logo acima, em 8º, com a mesma pontuação, mas com vantagem nos critérios de desempate.

Na próxima rodada, o Criciúma visita o CRB, no Estádio Rei Pelé, em Maceió (AL). Já o Paysandu recebe o Oeste, no Mangueirão. As duas partidas, válidas pela última rodada do primeiro turno da Série B, estão marcadas para as 16h30 (de Brasília) deste sábado.

O jogo - Os primeiros minutos foram de pouca movimentação e raros lances de perigo. O Criciúma apresentava pouca qualidade para trocar passes e encaixar as jogadas, e viu o Paysandu ter um início melhor.

Aos 11 minutos, os paraenses quase chegaram ao primeiro gol, mas Wellinton Junior não alcançou a bola em um cruzamento após falha individual da defesa mandante. Dois minutos depois, foi a vez do Criciúma levar perigo. Após uma confusão na área, a bola ficou viva para Neto Baiano, que ao tentar a finalização fez falta de ataque no goleiro Emerson.

Mas o melhor lance do Papão na etapa inicial ainda estava por vir. Aos 32 minutos, Everaldo recebeu cruzamento e arriscou um voleio. Bem colocado, Luiz teve de se esticar para evitar o tento dos paraenses.

O segundo tempo continuou com poucas emoções. Aos 18 minutos, o Paysandu perdeu seu goleiro titular Emerson, contundido. No lugar dele, Ivan foi a campo.

O primeiro lance que levantou a torcida do Tigre nas arquibancadas foi aos 29 minutos. Maicon Silva chegou pela direita e cruzou buscando Lucca, que não alcançou. Aos 36, mais uma vez o atacante carvoeiro chegou perto das redes, em um chute cruzado que passou perto das traves de Ivan.

Tudo encaminhava para um empate sem gols quando, aos 43, Natan entrou na área e foi derrubado por Natan. Neto Baiano foi para a cobrança, bateu de perna esquerda e Ivan salvou o Papão. No entanto, de nada adiantou. No lance seguinte, cobrança de escanteio para o Tigre do lado direito, e o zagueiro Everaldo acabou jogando contra a orópria meta, para explodir a torcida carvoeira no Majestoso.

FICHA TÉCNICA
CRICIÚMA x PAYSANDU

Local: Estádio Heriberto Hulse, em Criciúma (SC)
Data: 11 de agosto de 2015, terça-feira
Hora: 19h (de Brasília)
Árbitro: Rafael Traci (PR)
Assistentes: Ivan Carlos Bohn e Diogo Morais (ambos do PR)
Cartões Amarelos: Wanderson (Criciúma); João Lucas e Augusto Recife (Paysandu)

GOL: Wanderson (contra), aos 45 minutos do segundo tempo

CRICIÚMA: Luiz; Maicon Silva, Willian Rocha, Wanderson e Guilherme Santos; Wellington, Paulinho (Paulo Sérgio) e Roger Guedes (Jefferson); Lucca, Neto Baiano e Maurinho (Natan)
Técnico: Dejan Petkovic

PAYSANDU: Emerson (Ivan); Yago Pikachu, Gualberto, Thiago Martins e João Lucas; Fahel, Augusto Recife (Gilson), Jhonnatan e Valdívia; Welinton Junior (Aylon) e Everaldo
Técnico: Dado Cavalcanti

Deixe seu comentário