Em jogo eletrizante, Chelsea avança na Copa da Inglaterra nos pênaltis

São Paulo, SP

17-01-2018 20:54:50

Nesta quarta-feira, os últimos três classificados para a quarta fase da Copa da Inglaterra foram definidos. Um deles foi o Chelsea, que recebeu o Norwich, da segunda divisão inglesa, e só conseguiu vencer nos pênaltis após jogo emocionante, com goleiros inspirados e gol no último lance. Também avançaram o Swansea, que venceu o Wolverhampton, e o Wigan, que superou o Bournemouth.

O jogo - Quem esperava um jogo fácil se enganou. Desde o primeiro minuto, o Chelsea buscou o primeiro gol da partida, mas não conseguiu furar a sólida defesa do Norwich, que não fez questão alguma de atacar.

Os Blues tiveram as melhores chances do primeiro tempo, mas não aproveitaram. Aos nove minutos, Willian exigiu boa defesa do goleiro Gunn, que viria a ser o grande destaque do jogo. David Luiz, em cobrança de falta, também pôs o goleiro para trabalhar. Depois disso, a equipe da casa não levou perigo para a meta adversária.

No segundo tempo, o jogo foi o mesmo até que, aos 10 minutos, o Chelsea finalmente conseguiu abrir o placar. Batshuayi recebeu cruzamento do brasileiro Kennedy, que fez grande partida, e só teve o trabalho de completar para o gol.

Em desvantagem, o Norwich se viu obrigado a atacar e teve mais chances para marcar do que o Chelsea. Aos 15 minutos, Murphy acertou a trave dos Blues. Aos 20, Maddison exigiu excelente defesa de Caballero, que segurou a vantagem.

Mesmo com a pressão dos visitantes, a classificação do Chelsea parecia encaminhada até que, aos 48 do segundo tempo, o Norwich empatou a partida. Lewis aproveitou cruzamento do zagueiro Klose e cabeceou fora do alcance de Caballero, levando o jogo à prorrogação.

A prorrogação teve o mesmo equilíbrio do segundo tempo, com ambas as equipes tentando o gol. O time da casa chegou mais perto de desempatar, mas o goleiro Gunn, em noite inspiradíssima, impediu. Aos 12 minutos, o arqueiro fez boa defesa em chute de Willian. No lance seguinte, evitou o gol de Morata frente a frente com o atacante.

O Chelsea dominou o segundo tempo da prorrogação, mas não conseguiu traduzir o domínio em gols. Os Blues tiveram a grande chance de empatar aos nove minutos, mas Gunn fez boa defesa em cabeceio de Morata.

Para a disputa de pênaltis, o Chelsea se viu sem dois cobradores importantes. Aos 11 minutos, Pedro recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso. Já nos acréscimos, Morata recebeu amarelo por simular pênalti, reclamou com o árbitro e recebeu outro amarelo em seguida.

Mas se com a bola rolando o destaque da partida foi o goleiro Gunn, do Norwich, na decisão de pênaltis o herói foi Caballero. O argentino defendeu a primeira cobrança, de Oliveira, e colocou o Chelsea em vantagem. Willian, David Luiz, Azpilicueta, Kanté e Hazard converteram suas cobranças e classificaram os Blues para a quarta fase da Copa da Inglaterra.

Swansea e Wigan vencem e avançam

Nos outros jogos da Copa da Inglaterra, Swansea e Wigan fizeram valer o mando de campo e venceram seus respectivos jogos. A vitória do Wigan, no entanto, foi um tanto surpreendente, já que a equipe, que disputa a terceira divisão da Inglaterra, eliminou o Bournemouth, da elite.

Lanterna do Campeonato Inglês, o Swansea recebeu o Wolverhampton, líder da segunda divisão, e teve certa dificuldade para vencer por 2 a 1. Os anfitriões sairam na frente logo aos 11 minutos, mas cederam o empate aos 20 minutos do segundo tempo. Mas logo em seguida, aos 23 minutos, o atacante Bony recolocou o Swansea em vantagem, fechando o placar.

Já o Wigan recebeu o Bournemouth e venceu por 3 a 0 sem dificuldade alguma. A equipe da casa abriu o placar logo aos nove minutos e obrigou os visitantes a se arriscarem. Os times faziam jogo equilibrado até que o Wigan marcou duas vezes em três minutos: aos 28 minutos e aos 31. Com a vantagem de três gols e a vaga encaminhada, coube à equipe apenas cadenciar o jogo.

Deixe seu comentário