Com uma expulsão para cada lado, JEC e Figueira empatam por 1 a 1

São Paulo, SP

03-02-2016 23:50:46

O polêmico e esperado duelo entre Joinville e Figueirense, finalistas nas duas últimas edições do Campeonato Catarinense, terminou empatado em 1 a 1, em partida válida pela 2ª rodada do Estadual, na noite desta quarta-feira, na Arena Joinville.

O resultado mantém ambos os times sem derrota até aqui no Catarinense 2016. O JEC saiu na frente logo aos 11 minutos da etapa inicial, com Felipe Alves, após falha do goleiro Júnior Oliveira. O empate alvinegro saiu dos pés do artilheiro Clayton, autor de todos os gols do Figueira até aqui no Estadual.

No fim, as duas equipes terminaram com jogadores expulsos: do lado do Joinville, William Popp deixou o gramado mais cedo, aso 34 do primeiro tempo, após receber dois cartões amarelos. Já no segundo tempo, o atacante Dudu deixou o Figueira desfalcado após uma solada em Rafael Donato.

O JEC volta a campo neste sábado, às 17h (de Brasília), contra o Criciúma, no Heriberto Hulse. Já o Figueirense recebe o Inter de Lajes, às 19h30 da próxima quarta-feira (17), no Orlando Scarpelli.

O jogo – Os primeiros minutos foram de pouca movimentação e muita cautela por ambas as equipes. O ritmo lento foi quebrado aos 11 minutos, quando o JEC chegou ao primeiro gol. Welinton Junior bateu de longe, meio despretensioso, o goleiro Júnior Oliveira falhou feio, espalmou para o lado e Felipe Alves chegou no carrinho para fazer a bola ultrapassar a linha.

O Tricolor quase aumentou a vantagem aos 17 minutos. O meia Gustavo Sauer recebeu na intermediária e arriscou com muito perigo de perna esquerda, para boa defesa de Júnior.

O Figueira chegaria ao empate aos 32 minutos. Dudu avançou em velocidade pela esquerda e cruzou para trás. Clayton dominou, girou bonito e bateu colocado, no canto esquerdo de Agenor, marcando o terceiro dele em duas partidas no Estadual, e um golaço.

A vida do Joinville se complicou de vez pouco depois de levar o gol, quando William Popp entrou com força desmedida em Marquinhos Pedroso, recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso de campo.

Enquanto isso, Clayton continuava atormentando a vida da defesa tricolor e fazendo uma atuação de gala. Aos 40 minutos, o atacante partiu em velocidade pela meia direita, cortou para o meio e chutou para grande defesa de Agenor.

O Figueira também ficou com um a menos. Aos 12 minutos do segundo tempo, o atacante Dudu entrou com a sola da chuteira no zagueiro Rafael Donato e foi para o chuveiro mais cedo, igualando o número de jogadores para cada lado.

Mesmo com o baque da expulsão, o time da capital começou a pressionar em busca do desempate. Aos 30 minutos, Clayton recebeu de Marquinhos Pedroso e mandou para as redes outra vez. No entanto, a arbitragem assinalou impedimento e invalidou o lance.

Depois disso, o Alvinegro caiu de ritmo e não teve mais a mesma intensidade em buscar o gol. No fim, o empate não saiu do placar.

Deixe seu comentário