Com falha de De Gea, Manchester United empata com o Chelsea

São Paulo, SP

28/04/19 | 14:45

Em busca de uma reabilitação no Campeonato Inglês, o Manchester United só empatou com o Chelsea, neste domingo, em 1 a 1, no Old Trafford. Com um primeiro tempo muito movimentado, os donos da casa abriram o placar no início, e sofreram o empate no fim. Na segunda etapa, a forte marcação das duas equipes dificultou muito a vida dos ataques.

O resultado não foi bom para a equipe comandada por Solskjaer. O empate manteve o time na sexta posição, com 65 pontos. Por outro lado, os Blues continuam a três pontos do rival, na quarta colocação, com 68 pontos.

Na próxima rodada, os Diabos Vermelhos visitam o Huddersfield. O Chelsea vai atrás da vaga para a próxima Liga dos Campeões contra o Watford, no Stamford Bridge.

O jogo


A partida começou muito movimentada, com a torcida do Manchester United empurrando o time para o campo de ataque. Hazard e Kanté fizeram boa jogada pela esquerda, e param em Luke Shaw. Na sequência, Lukaku teve uma grande chance, mas Rudiger conseguiu bloquear o chute.

Aos 11 minutos, o United abriu o placar. Após uma bela jogada pela esquerda, Lukaku lançou Luke Shaw dentro da área. O jogador dominou e passou para trás, na saída do goleiro, e Juan Mata chutou no gol vazio. Após cobrança de escanteio, aos 29 minutos, Bailly saltou mais alto que a defesa e cabeceou para fora, quase ampliando o placar.

O Chelsea melhorou no jogo e passou a ter um maior controle da posse de bola. Já no fim, aos 43 minutos, Rudiger chutou de longe, De Gea não conseguiu segurar, deu rebote, e Marcos Alonso aproveitou o rebote para empatar a partida.

Na segunda etapa, o United voltou mais ofensivo, pressionando a saída de bola do adversário. Com cinco minutos, Rashford cobrou falta da intermediária e Kepa fez boa defesa. Com forte marcação, as duas equipes tinham muita dificuldade para finalizar. Quando conseguiam, os chutes eram bloqueados.

No fim da partida, o clima ficou tenso. A forte marcação ficou mais agressiva. O Chelsea seguia tentando suas jogadas pelo meio. Enquanto isso, o time de Solskjaer abusava das jogadas pelas laterais. Com sete minutos de acréscimos, o United foi para o abafa. Aos 47 minutos, Marcos Rojo cabeceou para o gol. Kepa já estava vendido no lance quando Pedro conseguiu afastar, em cima da linha. Já aos 52, Higuaín ficou cara a cara com o goleiro, que conseguiu evitar a vitória do rival.

Deixe seu comentário