Com dores na coxa, Jadson abre espaço para Sheik no time titular

Tomás Rosolino - São Paulo , SP
13/03/2018 17:19:26 — 13/03/2018 17:44:58

Em: Corinthians, Futebol, Libertadores

Depois da movimentada manhã do Corinthians fora dos gramados, com definição das datas das quartas de final do Paulista e o anúncio da quase concluída negociação com o lateral esquerdo Zeca, do Santos, a tarde foi de novidades também dentro de campo. No último treino da equipe antes do confronto contra o Deportivo Lara-VEN, pela Copa Libertadores da América, o técnico Fábio Carille viu o meia Jadson deixar o campo com dores na coxa direita e abriu a possibilidade de Emerson Sheik ser titular na quarta.

O experiente atacante participara do aquecimento com a equipe reserva e se encaminhou, ao lado dos outros suplentes, para a movimentação final em campo reduzido, feita em conjunto com os nomes que não foram inscritos na Libertadores e alguns que perderam espaço, como Lucca e Danilo. Porém, ao chegar no primeiro campo do CT, foi chamado de volta para o “treino-fantasma” pelo treinador.

Jadson, que treinou normalmente tanto no sábado quanto na segunda, acusou dores musculares na coxa direita, a mesma que recebeu uma bolsa de gelo após o duelo contra o Mirassol, na semana passada, em Itaquera. Cauteloso a respeito da situação do camisa 10, Carille preferiu dar a chance para Sheik, deslocando Rodriguinho para o lado direito e liberando o atleta de 39 anos de uma marcação mais pesada.

Ainda assim, não se pode dizer qual será a escalação escolhida para a equipe, mantendo o mistério até momentos antes do embate. Mateus Vital, visto como substituto imediato do camisa 10, participou o tempo todo do treino dos reservas, praticamente impossibilitando sua utilização desde o começo. Carille valoriza muito o trabalho na véspera do jogo e dificilmente muda a equipe que recebeu as instruções no trabalho de posicionamento.

Dessa, forma, o Alvinegro para encarar os venezuelanos deve ter Cássio; Fagner, Balbuena, Henrique e Sidcley; Gabriel e Maycon; Romero, Rodriguinho, Emerson Sheik e Clayson. Em fase final de recuperação, o zagueiro Vilson e o meia Marquinhos Gabriel seguem fora de combate. Pedro Henrique, que deixou o treino um pouco mais cedo, fez apenas fortalecimento muscular e deve ficar no banco de reservas.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com