Brasileiro Série A

Maracanã | 11/5/2019 - 16:0

Futebol/Campeonato Brasileiro

Botafogo derrota o Fluminense no Maracanã pelo Brasileiro

Gazeta Press - Rio de Janeiro , RJ
11/05/2019 18:11:50

Em: Botafogo, Brasileiro Série A, Fluminense, Futebol

No primeiro clássico entre equipes cariocas realizado na tarde deste sábado, no Maracanã, pelo Campeonato Brasileiro, o Botafogo derrotou o Fluminense por 1 a 0, gol marcado por Alex Santana. O resultado fez o Alvinegro de General Severiano chegar aos nove pontos ganhos e assumir a segunda colocação. O Flu segue com três pontos na 14ª posição. O Tricolor até chegou a marcar o gol do empate, mas com ajuda do VAR, o árbitro anulou o gol anotado por Matheus Ferraz.

O jogo foi equilibrado, mas o Botafogo foi mais eficiente ao conseguir marcar seu gol e bloquear as investidas do adversário, principalmente em função da boa atuação do goleiro Gatito Fernández que fez boas defesas e ajudou a segurar a pressão tricolor. O Fluminense, por sua vez, mostrou o bom toque de outras partidas, mas não conseguiu romper o sistema defensivo armado pelo adversário.

Na próxima rodada, o Fluminense vai enfrentar o Cruzeiro, no Maracanã; O Botafogo vai visitar o Goiás no Serra Dourada.

Botafogo venceu o Fluminense neste sábado, no Maracanã (Foto: Vítor Silva/Botafogo)

O JOGO

Logo no primeiro minuto, o Fluminense tomou um susto quando Gilberto recuou para o goleiro Rodolfo que precisou matar a bola no peito e mandar para fora para se livrar de Diego Souza que chegava para pressionar. Logo depois, Rodrigo Pimpão investiu pela esquerda e cruzou, mas Diego Souza chegou atrasado.

O Fluminense demorou a se organizar e só aos sete minutos é que se aproximou do gol defendido por Gatito Fernández com um chute de Gilberto que não levou perigo. Aos 11 minutos, o Tricolor das Laranjeiras criou a primeira grande chance para marcar. Ganso fez ótimo lançamento para Caio Henrique que cruzou para Danielzinho, livre na área, bater para fora.

O Botafogo respondeu com um chute forte de Gustavo Bochecha que encobriu o travessão alvinegro.
Como aconteceu nas últimas partidas, o Fluminense ficava mais tempo com a bola, mas o Botafogo marcava forte e impedia a penetração da equipe dirigida por Fernando Diniz.

Só aos 21 minutos é que o Fluminense voltou a aparecer bem no ataque aos 21 minutos quando Caio Henrique fez ótimo lançamento para Yony González que se livrou da marcação e chutou forte, mas a bola saiu.

O jogo seguiu equilibrado e, aos 29 minutos, o goleiro Rodolfo errou na saída de bola que acabou nos pés de Erik que concluiu para fora. Logo depois foi a vez de Cícero concluir, de fora da área, para boa defesa do goleiro tricolor.

Os dois times marcavam bem, o que tornava a partida monótona e com poucos lances de emoção, uma vez que as defesas tinham supremacia sobre os ataques.

Só aos 43 minutos é que a torcida voltou a vibrar. Após cobrança de escanteio, Matheus Ferraz cabeceou e a bola passou perto do gol defendido por Gatito Fernández.

O Botafogo voltou para o segundo tempo com o meia Yuri na vaga do atacante Rodrigo Pimpão. Aos quatro minutos, Yuri foi derrubado na entrada da área. Diego Souza bateu, mas a bola explodiu na barreira. O Fluminense respondeu com dois escanteios consecutivos. Após a segunda cobrança, a bola sobrou para Matheus Ferraz que isolou.

Aos dez minutos, Caio Henrique tabelou com Ganso, entrou livre na área e bateu, mas Gatito Fernández fez grande defesa, evitando o primeiro gol.

O Botafogo criou uma grande oportunidade aos 13 minutos quando Gustavo Bochecha fez ótimo lançamento para Eric que chutou forte, mas colocou a bola por cima do travessão defendido por Rodolfo.

Aos 19 minutos, a torcida do Fluminense chegou a festejar o gol, quando Luciano colocou a bola nas redes, mas a alegria durou pouco porque a arbitragem anulou a jogada, marcando impedimento.

O time dirigido por Fernando Diniz continuava melhor em campo, mas encontrava dificuldades para penetrar na defesa alvinegra. E, aos 26 minutos, o Botafogo marcou o primeiro gol. Jonathan arrancou pela esquerda e cruzou para a entrada de Alex Santana que cabeceou sem chances de defesa para o goleiro Rodolfo.

Logo depois de sofrer o gol, o técnico Fernando Diniz tirou o apagado Danielzinho e colocou Léo Artur. Já o técnico Eduardo Barroca trocou o atacante Eric pelo meia Leo Valencia.

E o Alvinegro perdeu uma chance incrível para ampliar a vantagem aos 32 minutos, quando Gustavo Bochecha deu ótimo passe para Alex Santana que se livrou do goleiro Rodolfo, mas bateu para fora. Aos 35 minutos, o Botafogo desperdiçou nova oportunidade, agora com Diego Souza que, livre na pequena área, conseguiu mandar a bola para fora.

Dois minutos depois, o Fluminense marcou o gol do empate com Matheus Ferraz que mandou para as redes, após cabeçada de Pedro que mandou a bola na trave, mas após consulta ao VAR, o árbitro anulou o gol, marcando impedimento de Pedro.

Nos minutos finais, o Botafogo recuou para tentar defender o resultado. Fernando Diniz ainda tentou uma última cartada, colocando o atacante Kelvin no lugar do zagueiro Nino.

Aos 44 minutos, Allan e Gustavo Bochacha se desentenderam e vários jogadores se envolveram em confusão. Os dois atletas que iniciaram o tumulto foram advertidos com o cartão amarelo.

A pressão tricolor continuou e Gatito Fernández evitou o empate com grande defesa em conclusão de Léo Artur. O Botafogo ainda teve mais uma chance nos acréscimos quando Leo Valencia arrancou para a área e mesmo com dois companheiros livres a seu lado, arriscou o chute e desperdiçou a jogada.

FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE 0 X 1 BOTAFOGO

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 11 de maio de 2019 (Sábado)
Horário: 16h(de Brasília)
Público: 22.350 pagantes
Árbitro: Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza (PB)
Assistentes: Anderson José de Moraes Coelho (SP) e Bruno Salgado Rizo (SP)

Cartão Amarelo: Danielzinho, Allan,Luciano e técnico Fernando Diniz (Flu); Joel Carli, Erik, Gustavo Bochecha, Jonathan, Leo Valencia(Bota)
Gols:
BOTAFOGO: Alex Santana, aos 26 minutos do segundo tempo

FLUMINENSE: Rodolfo, Gilberto, Matheus Ferraz, Nino(Kelvin) e Caio Henrique; Allan, Danielzinho(Léo Artur) e Paulo Henrique Ganso; Luciano, Pedro e Yony González
Técnico: Fernando Diniz

BOTAFOGO: Gatito Fernández, Fernando, Joel Carli, Gabriel e Jonathan; Gustavo Bochecha, Cícero e Alex Santana(Rickson); Rodrigo Pimpão(Yuri), Diego Souza e Erik(Leo Valencia)
Técnico: Eduardo Barroca

Ads – Rodapé Posts




Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escalação
Fluminense

Rodolfo


Gilberto


Matheus Ferraz


Nino


Allan


Danielzinho


Ganso


Caio Henrique


Luciano


Yony González


Pedro


Léo Arthur


Kelvin


Tec - Fernando Diniz
Botafogo

Gatito Fernandez


Fernando Constanza


Joel Carli


Gabriel


Jonathan


Gustavo


Cícero


Alex Santana


Rodrigo Pimpão


Erik


Diego Souza


Yuri Antônio


Leonardo Valencia


Rickson Barbosa


Eduardo Barroca - Tec

Posse de bola

68%
32%
Corinthians
Santos
999
Corinthians

Passe

999
Santos
999
Corinthians

Finalização

999
Santos
999
Corinthians

Cruzamento

999
Santos
999
Corinthians

Desarme

999
Santos

Faltas

24
COR
×
15
SAN

Impedimentos

24
COR
×
15
SAN

Cartões amarelos

24
COR
×
15
SAN

Cartões vermelhos

24
COR
×
15
SAN

Estatísticas de jogadores

Corinthians

LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner

Santos

LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
Estatísticas de jogadores