Balbuena chega a 10 gols pelo Corinthians e celebra bom momento

Helder Júnior - São Paulo , SP
27/01/2018 20:02:29 — 27/01/2018 21:23:02

Em: Campeonato Paulista, Corinthians, Escolha do editor, Futebol
Balbuena voltou a ser decisivo para o Corinthians no Pacaembu (foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press)

A torcida do Corinthians que estava no tobogã do Pacaembu tinha bons motivos para permanecer mais tempo no estádio municipal após a vitória por 2 a 1 sobre o São Paulo, neste sábado. À beira do campo, a poucos metros de distância, estavam um jogador de cada time, os últimos a descerem para os vestiários. E o zagueiro Balbuena era tão ovacionado pelo público quanto o volante Petros, ex-corintiano, foi hostilizado.

Balbuena fez por merecer a idolatria. Contra o São Paulo, ele usou a cabeça para anotar o gol da vitória corintiana, o seu décimo em 108 jogos disputados pelo clube – comemorou como de hábito, batendo continência. O nono ocorreu justamente na rodada passada do Campeonato Paulista, no triunfo também por 2 a 1 sobre a Ferroviária, outra vez no Pacaembu.

“Dez gols? É um bom número, né? Tomara que eu possa aumentar a marca ainda mais”, sorriu Balbuena, antes de ser lembrado por um repórter que tem a marcação defensiva como primeira incumbência. “O trabalho primordial é defender, mas também nos esforçamos para ajudar a equipe de outras formas. O mais importante é ganhar, e não fazer gol”, discursou.

Líder do elenco do Corinthians desde a vitoriosa temporada passada, marcada pelas conquistas dos títulos paulista e brasileiro, Balbuena já foi procurado pela diretoria para prorrogar o seu contrato, com validade até o final do ano. O assunto interessa ao técnico Fábio Carille, até porque o paraguaio desperta cobiça em clubes do exterior.

“A diretoria não me posicionou sobre isso. Também não gosto muito de me enfiar nessa questão, que é pessoal, familiar, do empresário dele. Já foi feita uma procura, e a nova diretoria, que assumirá na próxima semana (o Corinthians terá eleição presidencial no sábado que vem), dará continuidade. Espero que o Balbuena continue, pois é um dos pilares do time”, disse Carille.

O técnico ainda aproveitou para pontuar a evolução do seu zagueiro, que foi contratado em 2016 e só adquiriu a confiança dos torcedores em 2017. “Ele cresceu demais. Já tinha ido bem antes, mas o elenco sofreu com a saída de muitos jogadores. Aí, no ano passado, firmou-se e foi convocado para a seleção do seu país”, comentou.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Balbuena está animado para seguir em alta. “É claro que sim. Uma vitória em clássico sempre traz um gosto especial. Quando você ganha, tem mais alegria, mais confiança. O resultado te dá os mesmos três pontos dos outros jogos, mas sabemos da qualidade do rival. O time todo está em um bom caminho”, afirmou o goleador paraguaio.