Atlético de Madrid sofre, mas vence time de Ronaldo e pressiona Barça

São Paulo, SP

15-12-2018 15:07:49

O Atlético de Madrid sofreu, mas aproveitou a oportunidade de colar no líder Barcelona neste sábado. Visitando o Real Valladolid, time de Ronaldo, no estádio José Zorrilla, pela 16ª rodada do Campeonato Espanhol, o time comandado pelo técnico Diego Simeone começou bem, abriu 2 a 0 no primeiro tempo, cedeu o empate na etapa complementar, mas conseguiu reassumir a frente nos últimos minutos para garantir a importante vitória por 3 a 2. Os gols do Atleti foram marcados por Kalinic e Griezmann (2). Calero e Saúl Ñíguez (contra) balançaram as redes para os donos da casa.

Com o resultado, o Atlético de Madrid empatou com o Barcelona em número de pontos (31), embora o time catalão entre em campo neste domingo, contra o Levante, fora de casa. Agora, os colchoneros terão de torcer contra Messi, Coutinho e companhia para seguirem ainda mais fortes na briga pelo tão sonhado título espanhol.

O jogo – Atuando fora de casa, o Atlético de Madrid não se intimidou com a torcida adversária no primeiro tempo e diante de arquibancadas lotadas tratou de dar seu cartão de visitas aos 26 minutos, quando o meio-campo colchonero conseguiu fazer o desarme e levar a bola até Griezmann, que, com um excelente passe, deixou Kalinic na cara do gol. O atacante, dentro da área, precisou apenas bater cruzado, rasteiro, para abrir o placar.

Depois do gol do Atlético de Madrid, o Real Valladolid acordou e por pouco não conseguiu o empate. Aos 38, Oscar Plano recebeu bom passe dentro da área, mas exagerou na força ao finalizar, mandando a bola por cima do travessão. No minuto seguinte, o camisa 10 teve mais uma chance para estufar as redes dos visitantes, mas desta vez viu seu chute passar rente à trave direita.

Se o Real Valladolid não aproveitou, o Atlético de Madrid foi mais eficiente e tratou de ampliar o marcador quando teve a oportunidade. Aos 45 minutos, Griezmann chutou no gol, mas Kiko Olivas apareceu no meio do caminho para desviar a bola com o braço. Após a revisão do árbitro de vídeo, o juiz marcou pênalti. O próprio atacante francês foi para a cobrança e não desperdiçou, deixando os visitantes em boa vantagem antes do intervalo.

No segundo tempo, porém, o Real Valladolid acordou e não perdeu tempo na tentativa de igualar a partida novamente. Aos 12 minutos, após cobrança de escanteio, Fernando Calero subiu mais alto que a defesa do Atlético de Madrid e cabeceou de maneira precisa para descontar para os donos da casa.

Embalados pelo primeiro gol, os jogadores do Real Valladolid ganharam confiança e foram para cima do Atlético de Madrid em busca do tão sonhado empate. Aos 20 minutos, em nova cobrança de escanteio, Unal cabeceou e viu a bola bater em Saúl Ñíguez, que acabou jogando contra o próprio gol e recolocando os donos da casa na partida.

Quando todos acreditavam que o empate em 2 a 2 seria o placar final do jogo, Antoine Griezmann tratou de chamar a responsabilidade e decidir mais uma partida para o Atlético de Madrid. Restando dez minutos para o fim da partida, o atacante francês aproveitou um passe de Savic depois de um bate-rebate dentro da área e precisou apenas colocar a bola para dentro para garantir a importantíssima vitória para os colchoneros.

Deixe seu comentário