Liga dos Campeões

Com três de Messi, Barça bate o PSV; Inter vira em cima do Tottenham

São Paulo , SP
18/09/2018 15:51:48 — 18/09/2018 16:26:50

Em: Barcelona, Futebol Espanhol, Futebol Internacional, Internazionale, Liga dos Campeões, PSV Eindhoven, Tottenham

Um show de Lionel Messi. Assim pode ser definida a estreia do Barcelona na Liga dos Campeões. Jogando em casa, no Camp Nou, nesta terça-feira, a equipe comandada por Ernesto Valverde não teve dificuldades para golear o PSV por 4 a 0. O astro argentino deixou a sua marca três vezes. Dembelé, completou a goleada.

Phillipe Coutinho esteve em campo como titular, e mais uma vez teve uma boa apresentação ao lado de Messi, Suárez e Dembelé. No entanto, com a expulsão do zagueiro Umtiti, foi o sacrificado, e acabou sendo substuído já na reta final do confronto. Arthur, recém-chegado junto ao Grêmio entrou nos minutos finais.

A equipe catalã volta aos gramados no próximo domingo ás 15h45 (horário de Brasília), pelo Campeonato Espanhol, contra o Girona, em casa. Os holandeses terão clássico diante do Ajax.

Barça domina e sai na frente com Messi

Nos primeiros minutos, o Barça buscava criar as jogas. Aos 10 minutos, veio a primeira mais aguda. Messi tabelou com Coutinho, que entregou para Suárez. O uruguaio levantou na área e o camisa 7 apareceu para desviar de cabeça, mas a bola foi pela linha de fundo.

Retrancada, a equipe holandesa explorava os contra-ataques, e quase abriu o marcador três minutos depois. Bergwjin apareceu pela esquerda e chutou cruzado com muito perigo, mas a redonda saiu à esquerda de Ter Stegen.

Com dificuldades para penetrar na defesa rival criando jogadas, a saída foi a bola parada. E dessa forma, o Barcelona abriu o placar. Aos 32 minutos, em linda cobrança de falta, Messi acertou o ângulo direito de Zoet, sem chances para o goleiro.

O gol deu tranquilidade aos comandados de Ernesto Valverde, que administraram muito bem o placar, sem correr riscos, até o apito final da primeira etapa.

Com show de Messi, catalães definem o jogo

Na etapa complementar, o Barça seguiu com o controle do jogo. Messi quase ampliou, ao receber, fazer o giro e chutar, mas Zoet defendeu. Praticamente na sequência, Suárez carregou pela direita, entrou na área e cruzou. A bola passou até encontrar Coutinho, que pegou mal na bola, mandando por cima.

Só dava Barcelona na partida, literalmente. Aos 12 minutos, mais uma tentativa de Philippe Coutinho. O brasileiro recebeu do lado esquerdo, pedalou e bateu cruzado, Zoet se esticou todo para evitar o tento.

Mesmo dominando todas as ações, o risco de levar um gol existia, e quase o PSV chegou ao empate. Bergwjin recebeu na esquerda e rolou para trás buscando De Jong, que chutou ao gol, mas a bola ficou com Ter Stegen. Lozano, teve outras duas tentativas, mas acabou desperdiçando.

Aos 22, os catalães quase fizeram o segundo. Messi tabelou com Coutinho, que tocou para Suárez. Ao tentar devolver no brasileiro, a bola sobrou limpa para o uruguaio, que mandou no gol, e acabou acertando o travessão.

Oito minutos depois, demorou, mas saiu o segundo gol do Barcelona. Dembelé se livrou da marcação, com um lindo giro, carregou e chutou com a perna direita, ampliando o placar no Camp Nou, e praticamente definindo a partida. Dois minutos mais tarde, Rakitic serviu Messi, que marcou mais um, deixando o marcador em 3 a 0.

Porém, o zagueiro Umtiti acabou sendo expulso após falta dura em Lozano. Como já tinha o amarelo, foi para o chuveiro mais cedo. Porém, ainda daria tempo para mais um gol de Messi. Aos 42 minutos, Suárez deu belo passe para o argentino bater com a perna direita e fazer o terceiro tento no confronto.

Messi foi o dono do jogo no Camp Nou, na goleada do Barça (Foto: Josep Lago/AFP)

Inter consegue virada épica contra o Tottenham

Jogando no Giuseppe Meazza, a Internazionale recebeu o Tottenham, pela outra partida do Grupo B da competição. Voltando à competição continental depois de seis anos, o time de Milão conseguiu uma virada histórica diante dos Spurs pelo placar de 2 a 1. Na maior parte do duelo, o time de Pochettino dominou, mas não matou o jogo. Assim, acabou pagando caro, e mesmo saindo na frente com Eriksen sofreu a virada. Icardi e Vecino fizeram.

O primeira etapa acabou sendo disputada, mas com as melhores chances do Tottenham, que não as aproveitou. Assim, as equipes foram zeradas para o intervalo.

No segundo tempo, os Spurs dispostos a vencerem, conseguiram abrir o placar aos oito minutos com Eriksen, em finalização de fora da área, que desviou no zagueiro Miranda e encobriu o goleiro Handanovic. Depois do gol, o Tottenham seguia dominando a partida, e tendo as melhores oportunidades, chegando inclusive a marcar mais um com Son. Porém, o bandeira anulou, assinalando impedimento.

As chances mais claras do confronto seguiam sendo do time inglês. O que faltava era caprichar nas finalizações, para definir o marcador. Handanovic seguia sendo o grande destaque dos italianos, que pouco produziam, mesmo jogando em casa.

Tentando pelo menos o empate, os Nerazurri se atiraram com tudo e conseguiram aos 41 minutos do segundo tempo. Em cruzamento da esquerda de Asamoah, Icardi acertou um lindo chute de fora da área, deixando tudo igual.

Ainda daria tempo para uma virada. Após escanteio cobrado, De Virj ajeitou para Vecino marcar e completar a festa em Milão. Ao apito final, os jogadores fizeram a festa com a torcida, pois a vitória diante dos ingleses pode dar muita moral na sequência da competição. Não poderia ter retorno à Champions League melhor para o time dirigido por Luciano Spalletti.

Inter conseguiu virada épica frente ao Tottenham (Foto: Miguel Medina/AFP)