Gazeta Esportiva

Em milésimo jogo de Klopp, Liverpool e Chelsea não saem do zero e seguem no meio da tabela do Inglês

São Paulo, SP

21/01/23 | 11:27 - 21/01/23 | 11:38

Liverpool e Chelsea se enfrentaram na manhã deste sábado, no Anfield, em tentativa das equipes de se desgarrarem do meio de tabela do Campeonato Inglês. Entretanto, o confronto, que também marcou o milésimo jogo da carreira de Klopp, foi morno e terminou empatado sem gols,

Desta forma, os dois times desperdiçaram a chance de se aproximarem da zona de classificação à próxima Liga dos Campeões e seguem em baixa. O Liverpool é o oitavo colocado, com 29 pontos, enquanto o Chelsea figura no décimo lugar, com a mesma pontuação.

A partida teve como estrela principal o ucraniano Mykhailo Mudryk, recém-contratado pelos Blues pelo valor astronômico de 100 milhões de euros (R$ 550 mi). O jovem começou no banco de reservas, mas fez sua estreia na etapa final e foi válvula de escape da equipe de Graham Potter pelo lado esquerdo.

Do outro lado, os Reds iniciaram sem Darwin Núñez, tendo Gakpo e Salah no comando de ataque. O egípcio, todavia, não estava em dia inspirado e não foi desta vez que o holandês desencantou pelo novo clube (já são três aparições pelo time).

O próximo compromisso do Liverpool na Premier League é apenas no dia 4 de fevereiro, diante do Wolverhampton. Antes, o time de Klopp encara o Brighton pela Copa da Inglaterra, no próximo sábado. Já o Chelsea tentar chacoalhar a poeira e dar fim à má fase no dia 3, contra o Fulham.

Como foi o jogo?

O duelo começou animado com um gol marcado por Havertz em menos de três minutos, mas que acabou sendo anulado após a arbitragem rever o lance e anotar impedimento. As emoções, contudo, pararam por aí.


O Chelsea até conseguiu levar perigo ao gol de Alisson, obrigando o goleiro brasileiro a fazer boa defesa aos 31'. O zagueiro Badiashile completou cruzamento de cabeça, mas viu o arqueiro espalmar. O jovem ala Hall também teve boa oportunidade na sequência, dentro da área, mas mandou para fora.

Já o Liverpool pouco exigiu o goleiro Kepa e só foi acertar seu primeiro chute a gol aos 38', em chute de Thiago que parou nas mãos do arqueiro espanhol. Em resumo, o confronto entre duas equipes do meio de tabela acabou sendo de muita transpiração, mas pouca inspiração na etapa inicial.

O segundo tempo aparentava seguir o mesmo rumo até a entrada de Mudryk. O garoto ucraniano incendiou a partida pelo lado esquerdo do ataque do Chelsea, e quase marcou o primeiro aos 18', em finalização que balançou o lado de fora das redes.

Os Reds responderam aos 23 minutos, com Gakpo, que girou sobre a marcação dentro da área, mas Kepa defendeu com tranquilidade. Darwin Núñez e Alexander-Arnold também tiveram chances para estrear o marcador, aos 30' e 37', respectivamente, mas desperdiçaram.

Deixe seu comentário