Tricolor embala no segundo tempo, goleia o Linense e está na semifinal

Tomás Rosolino - São Paulo, SP
08/04/2017 17:51:54 — 08/04/2017 19:42:44

Em: Campeonato Paulista, Futebol, Linense, São Paulo

O São Paulo selou a sua classificação para as semifinais do Campeonato Paulista na tarde deste sábado, mais uma vez no estádio do Morumbi. Diante de um Linense mais animado, porém pouco preciso, o Tricolor embalou no segundo tempo, goleou por 5 a 0, com gols de Thomaz, Gilberto, duas vezes, e Thiago Mendes, também duas vezes, derrotou novamente o time do interior e, por ter vencido dentro de seus domínios também o duelo da semana passada, assegurou sua continuidade no torneio estadual.

Com o resultado, o clube paulistano agora espera a definição do seu adversário, que só sairá após os jogos entre Corinthians e Botafogo, neste domingo, e Santos e Ponte Preta, na segunda-feira. Com 26 pontos, o time pode tanto ser o segundo na classificação geral, algo que lhe daria a vantagem de decidir em casa o posto na decisão, quanto quarto e último na relação, o que lhe renderia um duelo diante do Palmeiras, decidido na casa do rival.

Ao mesmo tempo em que espera para saber quem vai enfrentar no próximo final de semana, o técnico Rogério Ceni também terá alguns dias de preparação para encarar o Cruzeiro, em partida válida pela ida da quarta fase da Copa do Brasil. O jogo está marcado para as 21h30 (de Brasília) da quinta-feira, abrindo a série que se encerra na outra quarta-feira, dia 19, no estádio do Mineirão.

Linense pressiona, mas o São Paulo balança a rede

O que prometia ser apenas um jogo para cumprir tabela, em uma eliminatória que teve o Tricolor mandante em duas oportunidades, mostrou um primeiro tempo bastante movimentado para quem se arriscou a ir no Morumbi. Mesmo em grande desvantagem, o time de Lins se lançou à frente e, com menos de um minuto, já havia ameaçado em chute de muito longe do volante Zé Antônio, defendido por Renan.

De lá até os 20 minutos, o Elefante conseguiu manter a a sua equipe bastante avançada, pressionando a marcação e apostando na velocidade de Gabrielzinho para furar a defesa tricolor. Nos dois melhores lances, porém, faltou ao time do interior caprichar mais para sair com o gol. No primeiro, Gabrielzinho ganhou de Buffarini e Maicon, invadiu a área pela esquerda e, sem ângulo, tentou um chute cortado pelo zagueiro Lucão. No segundo, em contra-ataque de quatro atletas contra um, Giovanni tentou driblar Buffarini e foi desarmado.

Enquanto isso, os donos da casa só haviam ameaçado em um cruzamento para a área após falta lateral. Rodrigo Caio subiu mais alto que a defesa e mandou rente à trave. A bola ainda bateu na haste de sustentação atrás da meta adversária e correu por trás da rede, enganando boa parte dos torcedores, que chegaram a gritar gol e até a reclamar da “anulação” do juiz Luiz Flávio de Oliveira.

Foi nesse momento, porém, que apareceu o centroavante Gilberto para resolver o problema. Em jogada individual, ele saiu facilmente da marcação de Lobão e tocou na saída do goleiro para fazer a festa da torcida, melhorando a produção dos anfitriões. Até o intervalo, a posse de bola e o domínio tricolor só foram ameaçados em rápido contra-ataque puxado por Gabrielzinho, que ganhou de Júnior Tavares e parou em boa defesa de Renan.

Thiago Mendes aparece, Tricolor domina e goleia

Os jogadores do São Paulo deixaram o gramado reclamando dos espaços dados ao ataque do Linense e da maneira como a zaga ficou exposta na etapa inicial. A promessa foi de que uma conversa com o técnico Rogério Ceni resolveria os problemas, e ela não tardou a ser cumprida. Logo aos dois minutos, após uma longa troca de passes, que começou com o zagueiro Lucão, Thiago Mendes recebeu de Thomaz na entrada da área e chutou forte, sem chances de defesa para Victor Golas.

Com bastante liberdade para entrar na área do Linense, Thiago passou a ser o ator principal das jogadas, sempre aproveitando os espaços abertos pelo trio de ataque. Pouco depois do gol, entrou com a bola dominada na área e, ao adiantar a redonda, caiu de forma espetacular, dando uma pirueta. O árbitro não caiu na encenação do meio-campista e  mandou o jogo seguir, enlouquecendo a torcida.

Logo na sequência, no entanto, o próprio Thiago teve outra chance de mostrar que sabe fazer gols. Em nova movimentação ofensiva recebeu belo lançamento de Jucilei e dominou a bola já dentro da área adversária. Com tranquilidade, esperou o goleiro se definir e chutou forte, rasteiro, cruzado, marcando seu segundo gol na partida e comemorando muito com a torcida são-paulina.

Frente a um rival já cansado e totalmente desanimado, o Tricolor aproveitou para transformar o resultado em goleada depois dos 30 minutos. Aos 34, Thomaz recebeu pela direita de Gilberto, entrou na área e bateu cruzado. A bola ainda bateu no goleiro, mas entrou para o primeiro gol do meia no clube. Dois minutos depois, Neilton achou Gilberto entre os zagueiros e o centroavante chutou no ângulo para fechar o 5 a 0.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 5 X 0 LINENSE

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 8 de abril de 2017, sábado
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira
Assistentes: Alberto Poletto Masseira e Miguel Caetano Ribeiro da Costa
Público: 27.230 presentes
Renda: R$ 726.644,00
Cartões amarelos: Thomaz (São Paulo); Pio, Samuel, Caíque e Zé Antônio (Linense)
Gols:
SÃO PAULO: Gilberto, aos 23 minutos do primeiro e aos 36 minutos do segundo tempo, Thiago Mendes aos 2 e aos 14 minutos do segundo tempo, e Thomaz, aos 34 minutos do segundo tempo

SÃO PAULO: Renan Ribeiro; Buffarini, Maicon, Lucão e Junior Tavares; Rodrigo Caio (Jucilei), Thiago Mendes (Wesley) e Cícero; Thomaz, Luiz Araújo (Neilton) e Gilberto
Técnico: Rogério Ceni

LINENSE: Victor Golas; Bruno Moura, Rodrigo Lobão, Caíque e Samuel (Bruno Costa); Pio, Joãozinho (Murilo Rangel), Zé Antônio e Giovanni; Thiago Humberto (Diego Felipe) e Gabrielzinho
Técnico: Márcio Fernandes