Futebol

Ponte Preta vence Botafogo e ainda sonha com vaga nas quartas

São Paulo , SP
04/03/2019 21:58:38

Em: Botafogo-SP, Campeonato Paulista, Futebol, Ponte Preta

Em partida isolada que fechou a nona rodada do Campeonato Paulista nesta segunda-feira, a Ponte Preta venceu o Botafogo por 2 a 1 no Moisés Lucarelli. A Macaca chegou a quatro jogos sem derrota e ainda sonha com uma classificação para as quartas de final do Estadual, enquanto o Pantera permaneceu na última posição no grupo D e é o segundo pior time na classificação geral do campeonato. Os gols do time campineiro foram marcados por Hugo Cabral e Matheus Vargas; Rafael Costa fez para a equipe de Ribeirão Preto.

Com o resultado, a Ponte Preta chegou a 13 pontos, cinco atrás do RB Brasil, na terceira posição do grupo A. O próximo compromisso da equipe comandada por Jorginho é contra o São Bento, fora de casa, no domingo que vem, às 19h. Já o Botafogo permaneceu na última posição do grupo D, com quatro pontos. Na próxima rodada, o equipe de Roberto Cavalo recebe o Bragantino na sexta-feira, às 18h45.

Vitória da Macaca afundou o Botafogo ainda mais na lanterna do grupo D (Foto: Ponte Preta/Oficial)

O jogo – Mesmo jogando fora de casa, foi o Botafogo que começou dominando as ações nos primeiros minutos da partida. Aos 11 minutos, o time visitante chegou a marcar com o zagueiro Naylhor, que recebeu lançamento por cima da zaga da Macaca, porém o defensor estava em posição irregular. Logo em seguida, o Pantera trocou bons passes pelo lado esquerdo do ataque até a bola chegar no lateral Pará, que cruzou rasteiro para Pimentinha. O atacante, porém, furou ao tentar finalizar e perdeu boa chance de marcar o gol.

O Botafogo continuou pressionando e dessa vez obrigou o goleiro Ivan a trabalhar. O arqueiro fez boa defesa em cabeceio do centroavante Rafael Costa após cruzamento de Nadson. A primeira chance da Ponte Preta no jogo foi apenas aos 32 minutos, com o centroavante Thalles. Ele mergulhou para cabecear a bola cruzada por Diego Renan na pequena área e Darley espalmou para escanteio.

O gol da Macaca saiu na última jogada construída na primeira etapa. Aos 44 minutos, Diego Renan recebeu novamente com liberdade na esquerda e cruzou rasteiro para Hugo Cabral apenas empurrar para a rede. Foi o segundo tento do atacante pontepretano no Campeonato Paulista.

O segundo tempo começou a todo vapor e, logo aos três minutos, o Botafogo chegou ao empate. Pará recebeu na linha de fundo pela esquerda e fez cruzamento na segunda trave. O goleiro Ivan saltou para tentar interceptar a bola, porém não achou nada, facilitando o trabalho do centroavante do Pantera, que apenas tocou de cabeça para o fundo do gol.

O ambidestro Diego Renan permaneceu sendo o jogador mais criativo em campo. Dessa vez, o lateral-esquerdo bateu falta na intermediária com a perna direita e o volante Edson cabeceou no travessão. A pressão da Ponte resultou no segundo gol da equipe aos 12 minutos, com Matheus Vargas. O meia aproveitou rebote do goleiro após grande jogada e chute de Matheus Oliveira.

O mesmo Matheus Oliveira quase marcou um golaço e ampliou o marcador logo em seguida. Ele recebeu na intermediária pela direita, trouxe para dentro e chutou colocado, porém a bola raspou o travessão antes de sair. Na sequência, o Botafogo teve uma grande chance de empatar o jogo novamente com uma penalidade, sofrida por Erick Luís. O goleiro Ivan, que havia cometido o pênalti, redimiu-se e defendeu a cobrança de Nadson.

A Ponte Preta ainda teve mais três chances de perigo. Na primeira, Diego Renan foi até a linha de fundo e cruzou para Thalles, que antecipou o zagueiro e desviou a bola para a rede do lado de fora. Depois, o lateral ajeitou pra direita na entrada da área e finalizou forte à esquerda do gol defendido por Darley. O goleiro, inclusive, parou o meia Gerson Magrão, que bateu cruzado depois de entrar na área pela esquerda.