Futebol/Campeonato Paulista

De virada, Guarani vence e entra na zona de classificação do Paulista

São Paulo , SP
23/02/2019 18:22:09 — 23/02/2019 18:24:44

Em: Campeonato Paulista, Futebol, Guarani, Notícias, São Caetano
Guarani consegue virar jogo contra o São Caetano. Agora, a equipe comandada por Osmar Loss está na zona de classificação para as quartas de final do Paulistão (Foto: Reprodução)

O São Caetano ia, finalmente, vencendo sua primeira partida no Campeonato Paulista de 2019, mas o Guarani pôs fim à festa – e de virada! Neste sábado, pela oitava rodada da competição, o Bugre venceu por 2 a 1 no Brinco de Ouro e agora figura na zona de classificação para as quartas de final, à frente do Novorizontino no grupo B.

Com um primeiro tempo abaixo do esperado, o Guarani começou lento e não conseguiu furar a defesa do São Caetano, com raras chances de marcar. Mesmo sem conseguir finalizar bem, o Azulão chegou em algumas oportunidades e foi premiado com um gol de Bruno Mezenga aos 37 minutos, após falha da defesa. O atacante, aliás, chegou à marca de quatro gols em cinco jogos pela equipe de Pintado.

Na segunda etapa, o Bugre conseguiu melhorar o volume de jogo e, apesar de continuar errando muito, chegou ao tento de igualdade após jogada individual de Léo Príncipe pela direita e cruzamento certeiro para Diego Cardoso fazer de cabeça, aos 30 minutos. A sorte, aliás, foi importante componente no fim da partida, já que Max, contra, fez os donos da casa virarem o duelo.

O Bugre, que estava pressionado pelas derrotas para Avenida-RS (e consequente eliminação na Copa do Brasil) e Santos, ouviu algumas vaias dos torcedores presentes no começo, mas depois foi só alegria. Com o resultado deste sábado, alcança a segunda colocação do grupo B, atrás apenas do líder Palmeiras, e entra para a zona de classificação para as quartas de final do Paulistão. Já o São Caetano, que vinha de empate espetacular contra o Bragantino por 4 a 4, permanece com quatro pontos, ainda na lanterna do grupo A.

Na próxima rodada, o Azulão tem um desafio contra o Mirassol, no Anacleto Campanella, às 18h45 (de Brasília), do dia 1º de março. Já o Guarani, um pouco mais tarde, às 21h, recebe a Ferroviária.

O jogo

O primeiro lance de perigo aconteceu para os visitantes, aos três minutos, em cobrança de falta direita de Alex Reinaldo, de muito longe. O goleiro Giovanni defendeu como pôde e ninguém pegou o rebote. A resposta veio quatro minutos depois, após roubada de bola de Jefferson Nem, que correu metade do campo, passou para Thiago Ribeiro e recebeu novamente, mas Fernando Vieira mandou para fora.

O São Caetano, então, manteve marcação forte, não permitindo ao Bugre trocar passes para chegar ao gol, mas, após algumas investidas, conseguiu chegar em alguns momentos – sempre com algum tipo de resposta dos visitantes, ainda que sem qualidade no último passe. Já passada metade do primeiro tempo, em cobrança de falta para os donos da casa, a bola desvia e passa raspando na trave de Luiz Daniel. A abertura do placar, porém, foi do Azulão, que chegou ao gol aos 37 minutos com Bruno Mezenga, de peito, sem defesa para Giovanni.

Na volta para a etapa complementar, nenhuma modificação extrema na maneira de jogar. O Guarani, que tentava manter a posse de bola e chegar com perigo, só conseguia tocar para os lados, com finalizações apenas de longe e sem infiltrações. Aos 13, Minho cortou para a perna direita e cruzou para Bruno Mezenga, que caiu no chão e pediu pênalti. Giovanni precisou pular para defender a bola colocada. Em seguida, mais uma chance mandada para fora.

O Guarani até chegou a melhorar no volume de jogo, mas não conseguiu criar bons lances, muito menos com as valorizações do Azulão quando os jogadores sofriam faltas. No entanto, em um momento mal no jogo, o Guarani conseguiu chegar e empatou a partida com Diego Cardoso, aos 30 minutos, após cruzamento de Léo Príncipe. Aos 37, boa chance para o São Caetano com Vitinho, a bola sobrou para Capa, que parou nas mãos de Giovanni.

O azar, porém, tomou conta do Azulão no lance seguinte. Thiago Ribeiro avançou livre pela esquerda e chutou cruzado para a área. Max, do São Caetano, tentou cortar, mas acabou mandando para o fundo da própria rede. Guarani 2 a 1, de virada.

FICHA TÉCNICA
GUARANI 2 X 1 SÃO CAETANO

Local: Estádio Brinco de Ouro, em Campinas (SP)
Data: 23 de fevereiro de 2019 (sábado)
Horário: 16h30 (de Brasília)
Árbitro: José Claudio Rocha Filho
Assistentes: Alberto Poletto Masseira e Risser Iarussi Corrêa
Cartões amarelos: Diego Giaretta e Ricardinho (Guarani); Pablo (São Caetano)
Gols: SÃO CAETANO: Bruno Mezenga, aos 37 minutos do primeiro tempo; GUARANI: Diego Cardoso, aos 30 minutos do segundo tempo, Max (contra), aos 40 minutos do segundo tempo.

GUARANI: Giovanni; Léo Príncipe (Carlinhos), Ferreira, Victor Ramos, Diego Giaretta; Ricardinho, Deivid, Thiago Ribeiro; Diego Cardoso (Mateusinho), Jefferson Nem (Anselmo Ramon), Fernando Viana.
Técnico: Osmar Loss

SÃO CAETANO: Luiz Daniel; Alex Reinaldo, Joécio, Max, Capa; Pablo, Vinicius Kiss, Ferreira (Esley); Minho (Marquinhos), Vitinho, Bruno Mezenga (Diego Rosa).
Técnico: Pintado