NBA

Orlando Magic leva a melhor sobre Flamengo em jogo histórico no Rio

São Paulo, SP

17-10-2015 21:01:04

Pela primeira vez na história, uma equipe da NBA enfrentou um time brasileiro em solo nacional. Mas, mesmo diante de sua torcida, o Flamengo não resistiu ao favoritismo dos estadunidenses e foi derrotado por 90 a 73 pelo Orlando Magic no ginásio da Arena da Barra, no Rio de Janeiro.

A derrota foi a segunda “seguida” dos cariocas para a equipe de Orlando. No dia 15 de outubro de 2014, as duas equipes se enfrentaram na Flórida e os donos da casa levaram a melhor por 106 a 88, em duelo no qual Nikola Vucevic foi o cestinha com 20 pontos.

E, neste sábado, o suíço foi novamente algoz do Fla, e ficou com a marca de cestinha da partida ao anotar 18 pontos e sete rebotes. Os outros destaques do lado vencedor foram Shabazz Napier (14 pontos, quatro rebotes e três assistências) e Victor Oladipo (13 pontos, três rebotes e duas assistências).

Entre os rubro-negros, os principais nomes do duelo foram Marcelinho, com 17 pontos, um rebote e cinco assistências; JP Batista (13 pontos, seis rebotes e duas assistências), Marquinhos (13 pontos, três rebotes e quatro assistências) e o norte-americano Jerome Meyinsee (12 pontos e sete rebotes).

A partida, que foi parte da turnê NBA Global Games 2015, série de amistosos realizados entre os times estadunidenses e outras equipes ao redor do mundo, exigiu adaptações por parte do Flamengo. A própria quadra na Arena da Barra precisou ser adaptada às dimensões utilizadas pela liga americana, enquanto os atletas rubro-negros precisaram se acostumar a regras diferentes das estabelecidas pela Federação Internacional de Basquete (Fiba), que são utilizadas no NBB, como a duração maior dos quartos: 12 minutos em vez de 10.

Flamengo e Orlando Magic fizeram duelo histórico neste sábado, no Rio de Janeiro (Foto: Jesse D. Garrabrant/AFP)
Flamengo e Orlando Magic fizeram duelo histórico neste sábado, no Rio de Janeiro (Foto: Jesse D. Garrabrant/AFP)

O jogo - O Rubro-Negro entrou em quadra com Rafael Luz, Marquinhos, Rafael Mineiro, Meyinsse e Jason Robinson, enquanto o time norte-americano iniciou o duelo com: Vucevic, Fournier, Harris, Napier e Oladipo.

Victor Oladipo começou sua boa atuação com a primeira cesta da partida para o Magic, enquanto Rafael Mineiro abriu o marcador do Fla. Mas, sólido na defesa e rápido no ataque, o time visitante já começou a abrir vantagem nos primeiros minutos. Antes do fim do primeiro quarto, Olivinha, Marcelinho e JP Batista estiveram juntos em quadra pela equipe carioca, mas não conseguiram evitar a derrota parcial por 27 a 16.

O Flamengo entrou bem no segundo quarto e, com bons lances de Marcelinho e Marquinhos, chegou a reduzir a desvantagem para oito pontos, mas viu os adversários abrirem novamente, mesmo com alguns reservas em quadra. Oladipo ainda voltou à partida nos últimos minutos antes do intervalo e garantiu vitória parcial de 51 a 34 ao fim da primeira metade do duelo internacional.

Os estadunidenses tiveram início arrasador no terceiro quarto. Com bela cesta de três, Fournier colocou a vantagem em 24 pontos para o Magic. Oladipo também seguia anotando pontos, enquanto Marcelinho comandava o time brasileiro. Vucevic, então, brilhou no fim da parcial e elevou o placar para 78 a 51.

Marcelinho entrou no último quarto decidido a diminuir o prejuízo flamenguista, e anotou duas belas cestas de três nos primeiros minutos, reduzindo a desvantagem para 23 pontos. Mas o croata Mario Hezonja decidiu mostrar serviço pelo time visitante, e voltou a ampliar o placar. No fim da partida, JP Batista ainda mostrou inspiração e foi à cesta seguidas vezes para diminuir a diferença no marcador.

Deixe seu comentário